NEGÓCIOS

'Boom' de tablets é coisa de passado no Brasil

Convergência Digital* ... 09/03/2017 ... Convergência Digital

O mercado brasileiro de tablets segue na sua tendência de baixa. Em 2016, foram vendidos aproximadamente 4 milhões de unidades, ou seja 32%  a menos do que em 2015, quando foram comercializados cerca de 5,8 milhões de dispositivos.

E para esse ano, a perspectiva não é animadora. A projeção é que vão ser vendidos 3,7 milhões de dispositivos, ou 7% a menos do comercializado no ano passado. Os dados fazem parte do estudo IDC Brazil Tablets Tracker Q4, realizado pela IDC Brasil.

Do total de tablets vendidos no ano passado, apenas 26,5 mil foram notebooks com telas destacáveis. “Em 2016, passado o ‘boom’ de vendas de tablets, 80% do mercado ficou dominado por três empresas que resistiram ao período de crise e à canibalização destes dispositivos. Isso deixou o setor mais saudável e com produtos que oferecem melhor experiência de uso ao consumidor”, diz Wellington La Falce, analista de mercado da IDC Brasil.

Ainda de acordo com o estudo da IDC, os produtos colocados à venda em 2016 ficaram numa faixa de preço apenas 3% maior do que no ano anterior. “Em 2015, os tablets custavam, em média, R$ 500. No ano passado, os preços ficaram na faixa de R$ 513”, completa La Falce.

Entre outubro e dezembro de 2016, foram comercializados 1,2 milhões de unidades, ou seja, 17% a mais do que no terceiro trimestre de 2016 e 11% a menos do que no mesmo período de 2015. “Como o tablet segue na lista de desejos do público infantil, o último trimestre de 2016 manteve o movimento aquecido dos anos anteriores por conta do Dia das Crianças, da Black Friday e do Natal”, finaliza o analista da IDC.

 


Cloud Computing
Covid-19: ativado o primeiro repositório de dados abertos do Brasil

O repositório abriga dados abertos e anonimizados de mais de 177 mil pacientes e um total de quase 5 milhões de resultados de exames clínicos e laboratoriais realizados em todo o País pelo Grupo Fleury e, em São Paulo, pelos hospitais Israelita Albert Einstein e Sírio-Libanês.

Cenário ainda é nebuloso, mas aumenta a confiança na indústria eletroeletrônica

Após quatro quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, aumentou 9,3 pontos no mês de junho em relação a maio, mas ainda fica abaixo dos 50 pontos, indicando o receito das empresas com relação ao impacto da Covid-19.

Câmbio pressiona componentes e repasse vai chegar ao consumidor

Em sondagem realizada pela Abinee,  69% das empresas reportaram "pressões acima do normal".  O custo do frete também impacta os preços em tempo de redução de produção por conta da Covid-19.

Banco Bari e Paraná Banco unem transformação digital ao Open Banking

O Pari, nascido 100% digital, e o Paraná Banco, com 40 anos de atividades, identificam no Open Banking a oportunidade de avançar e consolidar linhas de serviços.

Mobile banking chega a 44% das operações bancárias no Brasil

Pesquisa da Febraban mostra que, pela primeira vez, mobile banking e internet banking superam, em movimentação financeira, os canais tradicionais. "Ano que vem será ainda maior por conta da pandemia", diz o diretor de Tecnologia, Gustavo Fosse.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G