SEGURANÇA

Cisco identifica 318 switches vulneráveis à espionagem da CIA

Luís Osvaldo Grossmann ... 20/03/2017 ... Convergência Digital

Pelo menos 318 switches produzidos pela Cisco são vulneráveis a invasões, reconhece a própria fabricante ao analisar documentos divulgados pelo Wikileaks que mostram a capacidade da CIA de usar ataques maliciosos para assumir o controle dos equipamentos. 

“Um exploit pode permitir a um atacante executar códigos arbitrários e obter total controle do equipamento ou provocar o recarregamento do dispositivo afetado”, informou a própria empresa em um comunicado divulgado na sexta, 17/3, no qual também são listados todos os modelos vulneráveis. 

A empresa está trabalhando em atualizações de software que possam tratar do problema, mas como ela mesma admite no aviso, por enquanto não há como contornar as vulnerabilidades identificadas. A lista com todos os modelos identificados pode ser conferida nesta link

Segundo a empresa, as falhas foram identificadas a partir dos documentos divulgados pelo Wikileaks em 7/3, na denúncia apelidada de ‘Cofre 7’. Segundo eles, a CIA contratou um exército de hackers que desenvolveram mais de mil programas, vírus, trojans, etc capazes de espionar dispositivos eletrônicos que rodam Android, iOS e Windows, e até mesmo transformar televisores da Samsung em ‘grampos’ ambientais.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Crimes na Web: Formjacking vira pesadelo para empresas e muito lucrativo para hackers

Levantamento da Symantec aponta ainda  que oito em cada dez infecções por ransomware acontecem em corporações.

Câmara derruba lei do governo Bolsonaro que aumentou sigilo de dados públicos

O Plenário da Câmara aprovou o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 3/19, que suspende os efeitos do Decreto 9.690/19. A matéria irá ao Senado.

Mais de 30% das empresas brasileiras admitem não proteger dados de clientes e funcionários

Levantamento DT Index II, da Dell e da Intel, mostra quase metade dos entrevistados temem pelo futuro de suas companhias nos próximos cinco anos.

Crimes cibernéticos: crimes de ódio aumentaram quase 30%, mas pornografia ainda lidera no Brasil

Eleições exarcebaram os crimes de ódio em todo o país, afirma o Grupo de Apoio sobre Criminalidade Cibernética, do Ministério Público Federal.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G