Home - Convergência Digital

Geraldo Dezena deixa a TI do Banco do Brasil

Convergência Digital - Carreira
Luiz Queiroz - 22/03/2017

A caminho da aposentadoria, o vice-presidente de TI do Banco do Brasil, Geraldo Dezena, anunciou no último dia 2 de março que, após 40 anos trabalhando na instituição, era chegada a hora de sair.  Na Tecnologia, disse que o setor se aproximou das áreas de negóciod do banco, "não apenas para suportá-los, mas para transformá-los desde a sua concepção".

Dezena destacou os projetos que passaram por sua gestão, entre eles a nuvem corporativa, a criação do Laboratório Avançado no vale do Silício e o lançamento da Conta Digital. "Atuamos com o parceiros das demais áreas, aprimorando os processos internos e a relação com o cliente", informou.

Também elencou os inúmeros prêmios que a TI do BB recebeu durante a sua gestão, concedidos por revistas especializadas no mercado financeiro e em tecnologia. Concluiu afirmando que após 40 anos de decicação ao Banco do Brasil aguardará irá buscar novos desafios. O Banco do Brasil ainda não informou o nome do executivo que irá substituir a Geraldo Dezena na Vice-Presidência de TI.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/12/2018
BB une WhatsApp e autoatendimento e libera saque de até R$ 300/dia

11/06/2018
Greve da Cobra Tecnologia impacta a manutenção de TI do Banco do Brasil

25/05/2018
Sem acordo, trabalhadores da BBTS, ex-Cobra Tecnologia, continuam greve

22/02/2018
BB investe R$ 14 milhões em IA e libera transações bancárias no Messenger, do Facebook

01/06/2017
Banco do Brasil adota pulseira para compras nas funções débito e crédito

24/03/2017
Gustavo do Vale retorna à Tecnologia do Banco do Brasil

22/03/2017
Geraldo Dezena deixa a TI do Banco do Brasil

09/02/2017
Oi e Claro vencem licitação de R$ 500 mil do Banco do Brasil

08/01/2016
Banco do Brasil atinge a marca de 1 bilhão de transações móveis/mês

23/11/2015
Conciliação fracassa e greve na Cobra Tecnologia continua

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Mais de 60% dos brasileiros estão infelizes, mas têm medo de mudar de emprego

Estudo da Brands2Life, com o LinkedIn, traz um dado assustador: 80% dos brasileiros não se candidata para a vaga de trabalho que gostaria. Cerca de um terço dos profissionais deixa de se candidatar a uma nova vaga por falta de confiança na sua própria capacidade.

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Também foi incluída na lista divulgada pelo governo Federal o serviço de teleatendimento. Decisão está publicada na portaria 443/2018.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site