GESTÃO

Governo vai perder R$ 2,7 bilhões em impostos no setor de TI

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 10/04/2017 ... Convergência Digital

A situação é dramática se não houver a reversão da reoneração da folha de pagamento para software e serviços de TI, adverte o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo. As empresas reivindicam o retorno do desconto de 4,5% sobre o faturamento da empresa e tentam recolocar a obrigatoriedade para todos. Essa última medida, caiu em dezembro de 2015, ainda no governo Dilma. Em 2016, com o aumento da alíquota da desoneração da folha - feita no governo Dilma - de 2% para 4,5% - já houve fechamento de 13 mil vagas de postos de trabalho.

"Se essa medida de oneração da folha de pagamento, as empresas vão repassar para os preços, e pode haver a queda da demanda, até porque a crise não passou ainda. E qual será o impacto: o desemprego. Nossas contas mostram que 83 mil postos de trabalho serão fechados nos próximos três anos", adverte Gallindo.

Mas caso se mantenha a política de contribuição da receita bruta no valor de 4,5%, numa medida conservadora, o setor tem potencial de crescer 6% ao ano. Se esse crescimento acontecer, os postos de empregos serão mantidos e a capacidade contributiva dos empregados vai aumentar e a expectativa é que R$ 2, 7 bilhões entrem nos cofres públicos. Assistam a apresentação do presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Carreira
Reforma trabalhista: Não haverá contrato novo ou velho

“Se não, muitos empresários poderiam dispensar os trabalhadores da ‘lei velha’ e contratar outros com contrato novo, pela ‘lei nova’. Para não haver esse perigo, a lei aplica-se a todos os contratos em vigor no Brasil”, explica o Juiz do Trabalho, Marlos Melek.

Amizade no Facebook não desqualifica testemunha em ação trabalhista

Para o TRT de Minas Gerais, se vínculo em redes sociais caracterizasse suspeição não restariam testemunhas em processos trabalhistas. 

TVs de tubo e PCs de mesa viram sucata eletroeletrônica

TV digital aumentou o descarte das TVs analógicas em São Paulo. Impressoras e monitores também estão no top 5 da lista dos eletroeletrônicos jogados fora.

eSocial: empresas de TI precisam contratar seguro de responsabilidade civil

O conselho é do consultor tributarista e empresarial Lucas Ribeiro. Segundo ele, é necessário prevenir-se contra os possíveis erros do sistema do novo regime da Receita.

Banda larga não pode ser vista como custo nas prefeituras

A afirmação é do presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Marcel Micheletto. "As prefeituras podem ser protagonistas, mas temos que ter atitude e investir em TIC", reforça.

No Governo, apenas 32% dos serviços foram 100% digitalizados

Levantamento feito pelo Ministério do Planejamento aponta que  ainda há muito por fazer no pais, uma vez que 39% dos serviços estão parcialmente digitalizados e 29% não estão disponíveis para acesso online em nenhuma das etapas.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G