Home - Convergência Digital

Oi espera que 4G supere 3G ainda em 2017

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 13/04/2017

O 4G é crucial na estratégia da Oi para mostrar eficiência operacional nesse período de recuperação judicial. De acordo com o diretor de Mobilidade e Conteúdo da operadora, Roberto Guenzburguer, há uma expectativa de melhoria no cenário macroeconômico e, com isso, retomada de crescimento de receita.

"Temos expectativa que a base 4G (da tele) supere a 2G no segundo trimestre e, em provavelmente mais uns oito ou nove meses, a 3G também", afirmou o executivo, em encontro com imprensa na capital paulista, nesta quarta-feira, 12/04.

Guenzburger aproveitou para esclarecer que a queda registrada pela Oi no 4G - nos números da Anatel, que teria fechado com 9,25 milhões - foi provocada por um erro na transmissão do relatório. "Já refizemos a transmissão e a Anatel vai corrigir os dados no próximo relatório", reportou. O 4G é prioridade de infraestrutura de rede - ainda sem compartilhamento, uma vez que o acordo com a TIM envolve apenas o 3G.

A ideia da Oi é cobrir mais 545 cidades em 2017, além das 284 que já cobre atualmente, fechando o ano com 829 municípios, ou 90% da população. A Oi não comprou frequência no 700 Mhz e está investindo no refarming da frequência de 1.8GHz.

.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/12/2018
Assistente Virtual da Oi alcança 600 mil atendimentos

11/12/2018
Oi prorroga prazo para aumento de capital

07/12/2018
Anatel aprova troca no Conselho de Administração da Oi

05/12/2018
Oi assina com a Nokia contrato de cinco anos por FTTH e 5G

03/12/2018
Oi prevê investir R$ 7 bilhões até 2021

29/11/2018
Oi seleciona startups para programa de aceleração do Oito

22/11/2018
Oi quer avançar no pós-pago com Netflix e YouTube ilimitados

14/11/2018
Oi aguarda R$ 3 bi de devolução de PIS/Cofins

14/11/2018
Embratel vai fornecer 4 mil chips 4G ao governo de Pernambuco

14/11/2018
Oi registra prejuízo líquido de R$ 1,355 bilhão no 3º trimestre

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site