Home - Convergência Digital

Sem originalidade e novos serviços, MVNOs não deslancham

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 17/04/2017

O mercado de telefonia móvel está estagnado, com os prestadores de serviços oferecendo os mesmos produtos e as operadoras virtuais, as MVNOs, só vão chegar para ficar se tiverem coragem de serem originais e diferentes,pontua o presidente da Hansen Technologies na América Latina, Giovani Henrique.

Em entrevista ao portal Convergência Digital, o executivo diz que a entrada dos Correios no mercado de MVNOs dará, sim, um impulso ao mercdo. "Eles estão presentes em todo o país e têm um público C,D e E que mais do que nunca precisa de flexibilidade e preço. O Brasil é muito mais do que São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte", afirma.

A Hansen Technologies quer avançar no mercado brasileiro, especialmente, com sistemas de BI e CRM. Segundo dados da empresa, a transformação digital exigirá mudanças relevantes na área de telefonia móvel e elas vão ocorrer nas nas áreas de BSS (sigla em inglês de sistemas de suporte ao negócio). Nos próximos 18 meses mais de 40% das operadoras planejam substituir parte dos BSS/OSS (sigla em inglês de sistemas de suporte às operações). "É aqui que queremos usar o nosso conhecimento de multinacional para abrirmos frente no Brasil", diz.

Giovani Henrique insiste. As operadoras têm de ser mais abertas e ágeis no atendimento ao clinete. O nome do jogo é obter a atenção do usuário e fazer essa 'atenção' ser mononetizada. "O consumo de conteúdo digital mudou. Sem serviços inovadores vai tudo ficar o mais do mesmo. E guerra de preços não funciona mais para dar receita", sinaliza o executivo.

Um outro mercado em atenção da Hansen Technologies é o de smart grid, mas esse de forma mais distante, uma vez que a maior parte das ações ainda é para constatar fraudes residenciais. "O smart grid vai muito além disso", completa Giovanni Henrique. A previsão da Hansen Technologies é fechar pelo menos o primeiro contrato no Brasil ainda em 2017 na área de CRM e BI para MVNOs e MVNEs.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/09/2017
IoT: Vodafone/Datora questiona Vecto Mobile que rebate rival

21/06/2017
Celular dos Correios chega a 4 capitais e 21 mil chips vendidos

17/04/2017
Sem originalidade e novos serviços, MVNOs não deslancham

06/03/2017
MVNO dos Correios chega com zero rating para o WhatsApp e apps do governo

18/01/2017
Correios iniciam operação de telefonia móvel em fevereiro

19/09/2016
Sai autorização da Anatel para governo de Minas Gerais entrar na Vodafone

23/06/2016
Anatel aprova entrada do governo de Minas Gerais na Vodafone Brasil

17/05/2016
Correios espera ter 8 milhões de clientes pré-pagos em cinco anos

22/03/2016
Anatel publica mudança nas regras de MVNOs

17/03/2016
Anatel remove restrições para as MVNOs

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site