INTERNET

Google planeja inserir bloqueador de publicidade no Chrome

Convergência Digital ... 20/04/2017 ... Convergência Digital

A Google planeja introduzir um bloqueador de publicidade nativo no Chrome, segundo reportagem do Wall Street Journal. A ideia não seria bloquear todas as propagandas, visto que essa é a principal receita da própria Google, mas aquelas consideradas inadequadas ou mais nocivas a experiência dos usuários. 

Os critérios para isso devem ser aqueles da Coalition for better ads, entidade da qual a Google faz parte – assim como o Facebook – e que há menos de um mês apresentou o que entende como os piores tipos de anúncios online, tanto para computadores de mesa como para dispositivos móveis. 

São propagandas no formato de pop-ups, vídeos que rodam automaticamente e com som, anúncios com temporizador ou de tela cheia, por exemplo. E se parece um pouco surpreendente que uma empresa que vive de publicidade adotar esse tipo de ferramenta, a lógica descrita é de que se trata de um movimento defensivo, visto que os ‘ad blockers’ são extremamente populares na Ásia e mesmo nos EUA já estariam sendo usados por cerca de 26% dos computadores. E segundo levantamento da PageFair, empresa de publicidade online, o uso cresceu 30% apenas em 2016.


Com alta de 15%, Brasil é o segundo maior alvo de ataques web no mundo

Novo relatório da Akamai aponta, porém, que o país caiu de terceiro para quinto no ranking de origem dos ataques online. 

Black Friday dá gás às vendas, mas fica longe do desempenho de 2016

Segundo levantamento da Ebit, vendas online cresceram 10,3%, contra alta de 17% em 2016. Nas lojas físicas, alta foi de 4,9%, conforme a Serasa, enquanto chegou a 11% no ano passado. 

Em Goiás, homem é condenado à prisão por compartilhar fotos no You Tube e no WhatsApp

Pena, no entanto, foi revertida para a prestaçaõ de serviços à comunidade. Homem divulgou fotos da ex-namorada em listas nas redes sociais por vingança.

'Vingança pornográfica" vai dar cadeia de dois a quatro anos

Avançou na CCJ do Senado o PL 18/2017, que adota punição mais rigorosa para o registro ou divulgação, não autorizada, de cenas de intimidade sexual de uma pessoal. PL seguiu em regime de urgência para o Plenário do Senado.

Consumidores ignoram termos de privacidade de dados no Brasil

E o consentimento tem sido a base legal para o processamento das informações, observou o sócio sênior da Accenture, José Moscati.

Revista Abranet 23 . dez 2017 - jan/fev 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 Qual é a fórmula do sucesso? Boas práticas aplicadas por corporações bem-sucedidas sugerem um caminho a seguir. Entrevista com Tadao Takahashi. Discussão sobre a lei de proteção de dados avança. E mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G