Convergência Digital - Home

Serpro e Dataprev esperam demanda maior com cruzamento de dados

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz - 05/05/2017

O sistema de cruzamento de dados entre órgãos públicos federais, chamado de GovData, foi desenvolvido pelo Serpro e pela Dataprev, as principais estatais de TI, que são também as responsáveis pelo armazenamento das informações. Além do acesso a um único ‘lago de dados’, a plataforma oferece ferramentas de análises, estatísticas e de mineração. 

Além da promessa de acesso simples e agilidade, o uso da plataforma também se baseia em custos menores pelo serviço de cruzamento de dados, que já é feito hoje mas é pago por extração. A plataforma envolve um sistema de pacote anual, que só no Ministério do Planejamento sugere uma economia de R$ 22 milhões. Ainda assim, as duas estatais acreditam que o uso intensivo vai compensar receitas e garantir a necessária expansão da infraestrutura. 

“Certamente vai ter um impacto, mas a gente está preparado para isso aumentando o volume de serviço. Quando faz um preço melhor, aumenta o volume e consegue chegar à sua necessidade. Essa é a estratégia que estamos utilizando”, explica a presidente do Serpro, Glória Guimarães. 

Segundo ela, “hoje quem acessa paga a base de dados. Agora vai estar em ambiente único e vai pagar apenas o acesso. Como são dados maciços, certamente vamos aumentar o volume de informação, e com o volume acaba suprindo essa questão do preço. Com certeza mais órgão vão procurar, por conta inclusive do preço, que melhorou bastante.”

Para o presidente da Dataprev, André Magalhães, a iniciativa otimiza recursos e tem como objetivo final melhorar a prestação de serviços. “O importante é a otimização dos recursos e a sinergia das duas empresas, os braços operacionais. A convergência de serviços e processos. O próprio reuso dos dados, a utilização desse dado, o aumento da escala de utilização do próprio governo, vai facilitar a receita das duas empresas, vai entregar um serviço mais qualificado, mais otimizado.” Assistam a participação dos presidentes do Serpro, Glória Guimarães, e da Dataprev, André Magalhães, na CDTV, do portal Convergência Digital.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

LEIA TAMBÉM:

Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.

Destaques
Destaques

STJ condena compartilhamento de dados de clientes entre os bancos

Foi mantida a condenação do HSBC. Tribunal considerou abusiva cláusula que não permite ao correntista optar se quer ou não abrir mão de seus dados.

Confaz tributa software em nuvem e streaming como Netflix

Decisão foi tomada em reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária. Regra entra em vigor a partir de março de 2018.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Mão de obra é o "Calcanhar de Aquiles" da Inteligência Artificial

Por Eduardo Prado*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o consultor Eduardo Prado, mostra como os gigantes da tecnologia travam uma dura batalha para conseguir fidelizar os especialistas existentes. Ele também adverte: há uma busca desenfreada pela competência em IA.

A IA traz emoção e empatia às "máquinas"

Por Eduardo Prado*

Imagine se as tecnologias – assistentes virtuais (tipo Alexa da Amazon), veículos autônomos, aparelhos de televisão, frigoríficos conectados, telefones celulares – estivessem cientes das suas emoções? E se elas percebessem o seu comportamento não-verbal em tempo real?


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site