GESTÃO

Corporações estão saltando as tecnologias para suprir a demanda de TI

Por Roberta Prescott ... 11/05/2017 ... Convergência Digital

Os últimos três anos na América Latina não foram de investimentos pesados em tecnologia da informação, mas 2017 sinaliza uma retomada. "Não é que a demanda vá voltar 100% com essa recuperação. O que vai acontecer é um pico de demanda para recuperar uma parte [dos investimentos] que não foi feita", explicou Diego Majdalani, presidente para América Latina da Dell EMC Commercial, em coletiva de imprensa realizada no Dell EMC World, realizado em Las Vegas.

Ao voltar a comprar TI, destacou o executivo, as companhias estão saltando tecnologias e adquirindo infraestrutura convergente e hiperconvergente, impulsionadas, em grande parte, devido à redução do custo. Sobre a visão da Dell EMC de investimentos em TI das empresas da América Latina para os próximos cinco anos, Octavio Osorio, vice-presidente para América Latina da Dell EMC Enterprise, disse que quer ser positivo, mas ponderou que na região, muitas vezes, há reviravoltas econômicas e políticas.

"É difícil prever cinco anos, mas, em geral, estamos otimistas e vendo crescimento", completou. Com relação às tendências, Osorio disse que a América Latina está alinhada com as demais regiões e apontou computação em nuvem, inteligência artificial e internet das coisas como as principais. Majdalani completou que as empresas da AL também estão olhando muito para infraestrutura convergente e hiperconvergente.

Os executivos também abordaram o modelo de terceirização de TI das empresas latino-americanas, a necessidade de as empresas modernizarem sua infraestrutura para estarem prontas para a transformação digital, a oferta de computação em nuvem da companhia — e por que ela aposta na nuvem híbrida — e o novo programa de parceiros da Dell EMC, além de outros tópicos. Confira trechos do bate-papo de Diego Majdalani e Octavio Osorio com jornalistas da América Latina:

A Jornalista viajou a convite da Dell EMC


Receita aperta o cerco às empresas devedoras do Simples

Fisco vai notificar 556,13 mil companhias, que respondem por uma dívida de R$ 22,7 bilhões. Destas, 172,54 mil atuam no Estado de São Paulo e devem R$ 7,5 bilhões. Saída do Simples pode gerar um aumento da carga tributária em até 30%.

Leroy Merlin: TI não é provedora de serviços, é parceira de negócios

Para ter uma plataforma única para todos os canais, o desafio diário é fazer a integração, salienta o CIO da companhia, Matthieu Grymonprez. Atualmente, 80% dos clientes acessam ao site antes de ir à loja.

Robôs agilizam a emissão de guias da previdência social

Mas para usar os robôs de forma eficiente é preciso avaliar os processos, destaca Fernando Capovilla, gerente de competitividade e automação da Capgemini Brasil. A empresa, por exemplo, usa mais de 100 robôs operando em diversas tecnologias.

Menos de 5% das empresas estão aptas ao regime do eSocial

Pesquisa feita pela FENACON, entidade ligada às empresas de serviços contábeis, com mais de mil associados, revela um dado preocupante: quase metade ainda nem começou a implantar o sistema.

Governo lança nova versão do Guia de Boas Práticas para a compra de TI

Guia reúne conjunto de normas a serem adotadas por mais de 200 órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP).



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G