Home - Convergência Digital

Nordeste lidera o uso do smartphone para o mcommerce

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 15/05/2017

A nova edição da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre comércio móvel no Brasil revela que 73% dos internautas brasileiros já compraram mercadorias físicas pelo smartphone. A proporção não mudou muito nos últimos seis meses. Depois de um crescimento avassalador entre setembro de 2015 e setembro de 2016, quando passou de 41% para 71%, o aumento desta vez foi modesto e dentro da margem de erro.

Crise econômica, desemprego e redução do poder de compra do brasileiro podem ter contribuído com a estagnação. Por outro lado, chama a atenção o fato de 75,4% dos consumidores móveis declararem que atualmente fazem mais compras pelo celular do que faziam seis meses atrás. Ou seja, ainda que a base de consumidores móveis não tenha crescido, aqueles que fazem parte dela estão gastando mais nesse canal.

Em uma análise mais detalhada do perfil do consumidor móvel nacional, percebe-se que o hábito de comprar pelo celular é equilibrado entre homens e mulheres (74% X 72%), e mais comum entre os mais ricos que entre os mais pobres (77% nas classes A e B X 71%, nas classes C,D e E). Idade também faz diferença: quanto mais jovem, maior a probabilidade de a pessoa já ter comprado uma mercadoria pelo smartphone (75% entre aqueles com 16 a 29 anos; 74,5%, entre 30 e 49 anos; 55%, entre aqueles com 50 anos ou mais).

O Nordeste é a região que apresenta a maior proporção de internautas que já experimentaram comprar bens físicos pelo celular (77,8%), seguida pelo Sul (73,6%), Sudeste (71%), Centro-oeste (70,6%) e Norte (68,7%). A liderança nordestina em termos percentuais pode estar relacionada à importância da Internet móvel naquela região, onde a infraestrutura de banda larga fixa não tem a mesma capilaridade e qualidade encontradas no Sul e no Sudeste.

No que diz respeito aos sistemas operacionais, a compra pelo smartphone é mais comum entre usuários de iPhone no Brasil: 81% já experimentaram encomendar bens físicos pelo aparelho, contra 73% dos donos de Android. No relatório integral da pesquisa, é divulgado um ranking dos apps móveis mais usados pelos brasileiros para a compra de mercadorias físicas.

O documento inclui também o monitoramento de quatro segmentos de serviços O2O e seus respectivos rankings de apps mais usados: delivery de comida; chamada de corrida de táxi/carro particular; venda de ingressos; e reserva de hospedagem. O relatório da pesquisa pode ser baixado no site www.panoramobiletime.com.br

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

01/11/2017
Um em cada três smartphones terá Inteligência Artificial nativa

31/10/2017
Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

10/10/2017
Microsoft mata Windows Phone e fracassa, mais uma vez, em Telecom

02/10/2017
Claro Brasil: fabricantes de smartphones precisam tratar o Brasil como país de 1º mundo

13/09/2017
Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

13/09/2017
Smartphones respondem por seis em cada 10 conexões na América Latina

22/08/2017
Vendas globais de smartphones cresceram 6,7% no segundo trimestre

28/07/2017
Vendas globais de PCs e smartphones cairão em 2017

24/07/2017
CRM e BPO se rendem ao smartphone

07/07/2017
Demanda por chips de memória faz lucro da Samsung disparar

Destaques
Destaques

Melhores 4G do mundo se estabilizam em 45 Mbps

Com média de 20 Mbps, o Brasil não faz feio entre 77 países analisados nesse quesito. Mas a disponibilidade ainda está abaixo de 60% do tempo, de acordo com relatório do 3º trimestre divulgado pela Opensignal.

Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

Estudo da GSMA aponta que as operadoras vão investir US$ 70 bilhões para aumentar a cobertura 4G na região. Levantamento também mostra que há 300 milhões de pessoas digitalmente excluídas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site