Convergência Digital - Home

Governo vai comprar PaaS em nuvem pública para órgãos federais

Convergência Digital
Luís Osvado Grossmann - 16/05/2017

O governo federal tem um novo termo de referência para a contratação de serviços de nuvem pública para os órgãos públicos. Entre as alterações, foi incluída além da tradicional infraestrutura como serviço, também plataforma como serviço. 

A secretaria de tecnologia da informação previa atender pelo menos 40 órgãos federais na primeira versão, publicada em março, e com custo estimado em R$ 16 milhões. No entanto, os quantitativos foram alterados – e mesmo a descrição dos serviços, antes elencada em 60 itens, agora estão concentradas em apenas três “serviços de computação em nuvem”, “suporte técnico” e “treinamento”. 

Como explica o termo, o objetivo da licitação será a “contratação de empresa especializada (integrador) para prestação de serviços de computação de multinuvem, sob demanda, incluindo desenvolvimento, manutenção e gestão de topologias de aplicações de nuvem e o fornecimento continuado de recursos de infraestrutura como serviço (IAAS) e plataforma como Serviço (PAAS), produzidos por dois provedores distintos”.

O documento exige um “ecossistema que provê no mínimo algumas características como: i) solução de virtualização; ii) sistemas de gerenciamento de controle de acesso e identidade; iii) soluções de hiperconvergência de recursos; iv) fábricas de sustentação de software; e v) central de atendimento ao usuário vi) Infraestrutura segura e rapidamente escalável”.

O novo termo de referência pode ser conferido e comentado pelo Participa.br, neste link. As sugestões também podem ser encaminhadas para o seguinte e-mail aquisicoes-detic@planejamento.gov.br.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis


Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.

Destaques
Destaques

Embratel une Open Stack à rede definida por software em serviços na nuvem

Nuvem pública especializada e feita sob demanda para os clientes empresariais é a estratégia da  operadora para avançar no segmento de cloud. "Não vamos concorrer com a nuvem pública, mas o nosso serviço é desenhado para atender ao negócio", diz o diretor-exeutivo da Embratel, Mario Rachid.

Apenas 16% das PMEs brasileiras usam capacidade de processamento em nuvem

O dado faz parte da pesquisa TIC Empresas 2017, que pela primeira vez, avaliou a adoção de serviços cloud pelas pequenas e médias empresas no País. O e-mail na nuvem é o serviço mais usado, com 27%.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Mão de obra é o "Calcanhar de Aquiles" da Inteligência Artificial

Por Eduardo Prado*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o consultor Eduardo Prado, mostra como os gigantes da tecnologia travam uma dura batalha para conseguir fidelizar os especialistas existentes. Ele também adverte: há uma busca desenfreada pela competência em IA.

A IA traz emoção e empatia às "máquinas"

Por Eduardo Prado*

Imagine se as tecnologias – assistentes virtuais (tipo Alexa da Amazon), veículos autônomos, aparelhos de televisão, frigoríficos conectados, telefones celulares – estivessem cientes das suas emoções? E se elas percebessem o seu comportamento não-verbal em tempo real?


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site