TELECOM

Nextel Brasil: Controladora faz duras críticas à gestão no país

Da redação ... 18/05/2017 ... Convergência Digital

O conselho de diretores da Nii Holdings, companhia que controla a Nextel Brasil (que é seu único ativo atualmente), emitiu um forte comunicado ao mercado no qual critica o ambiente de controle e monitoramento de atividades da operadora no País entre os anos de 2014 e 2016, que teve à frente Gokul Hemmady (até 2015) e Francisco Valim, que esteve no comando da tele de agosto de 2015 até abril deste ano.

"Especificamente, a Nextel Brasil não estabeleceu um ambiente de controle e de monitoramento de atividades, incluindo uma estrutura organizacional com recursos suficientemente treinados onde cargos de supervisão, responsabilidades e atividades de monitoramento estavam alinhados com objetivos de reportes financeiros", declara a empresa.

No começo do mês a empresa substituiu Valim por Roberto Rittes como CEO da empresa. "Espera-se que Rittes entregue um comprometimento ainda maior para estabelecer um tom apropriado no topo (da cadeia de comando) no Brasil ao reforçar a conformidade com o código de conduta da companhia e outras políticas corporativas."

A Nii informou ainda que Ricardo Knoepfelmacher, Ricardo K., que esteve à frente da Brasil Telecom e estaria à frente do fundo interessado em comprar a Oi, renunciou ao Comitê de Nomeação de Governança Corporativa do conselho. Em seu lugar entrará Robert Schriesheim como membro independente da mesa.


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Celulares terão que indicar taxa de radiação emitida

Ao revisar o regulamento que trata da exposição eletromagnética, Anatel prevê 120 dias para que os equipamentos vendidos tragam a informação nas caixas ou manuais.

TV paga: pirataria tem mais 'assinantes' que a Netflix no Brasil

Consultoria Business Bureau diz que a OTT possui 18% do mercado de assinatura de streaming de vídeo. A Globo Play fica na segunda posição, mas com apenas 4%. Pirataria no Brasil fica bem acima da média da América Latina.

Justiça mantém Pharol e Nelson Tanure fora da Oi até aporte de capital

Juiz Fernando Viana, da 7ªVara Empresarial do Rio de Janeiro, manteve a suspensão dos direitos políticos dos conselheiros e diretores da Oi ligados aos grupos.

GSMA: Parceria em conteúdo é melhor para teles que produção própria

Apesar de iniciativas em investir nesse campo, estudo da associação destaca que licenciamento de conteúdo é caminho mais realista para teles.



Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G