TELECOM

Nextel Brasil: Controladora faz duras críticas à gestão no país

Da redação ... 18/05/2017 ... Convergência Digital

O conselho de diretores da Nii Holdings, companhia que controla a Nextel Brasil (que é seu único ativo atualmente), emitiu um forte comunicado ao mercado no qual critica o ambiente de controle e monitoramento de atividades da operadora no País entre os anos de 2014 e 2016, que teve à frente Gokul Hemmady (até 2015) e Francisco Valim, que esteve no comando da tele de agosto de 2015 até abril deste ano.

"Especificamente, a Nextel Brasil não estabeleceu um ambiente de controle e de monitoramento de atividades, incluindo uma estrutura organizacional com recursos suficientemente treinados onde cargos de supervisão, responsabilidades e atividades de monitoramento estavam alinhados com objetivos de reportes financeiros", declara a empresa.

No começo do mês a empresa substituiu Valim por Roberto Rittes como CEO da empresa. "Espera-se que Rittes entregue um comprometimento ainda maior para estabelecer um tom apropriado no topo (da cadeia de comando) no Brasil ao reforçar a conformidade com o código de conduta da companhia e outras políticas corporativas."

A Nii informou ainda que Ricardo Knoepfelmacher, Ricardo K., que esteve à frente da Brasil Telecom e estaria à frente do fundo interessado em comprar a Oi, renunciou ao Comitê de Nomeação de Governança Corporativa do conselho. Em seu lugar entrará Robert Schriesheim como membro independente da mesa.


Internet Móvel 3G 4G
3G está presente em 5016 municípios do Brasil

Já o 4G está presente em 1925 localidades, revela estudo da Telebrasil. O país soma 227 milhões de acessos à internet - 199,8 milhões móveis e 27.2 milhões fixos.

TV paga: Record,SBT e RedeTV! oferecem 'desconto', mas acordo ainda parece distante

Simba, joint-venture criada pelos canais, revê estratégia e reduz em 90% o preço cobrado pelo sinail. Valor significaria cerca de R$ 342 milhões à indústria.

Oi não poderá usar sobras de P&D em compromissos na compra da BrT

Maioria dos conselheiros da Anatel entendeu que não há como a empresa carregar para anos seguintes os valores superiores aos aportes prometidos.

STF diz que leis estaduais sobre telecom são inconstitucionais

Supremo Tribunal Federal deu ganho às operadoras em ações contra legislações da Bahia e do Mato Grosso do Sul, que proibia cobrança de assinatura básica e exigia informações sobre a velocidade das conexões à internet.

Vivo lança planos de voz ilimitados para PMEs

Iniciativa chega ao mercado B2B e também envolve a oferta de planos de dados. Preços variam de R$ 99,99 a R$ 237.99.

Oi troca cobre por FTTH em Duque de Caxias, Rio de Janeiro

Detentora da maior planta de par metálico no Brasil, a operadora planeja expandir o piloto para outras cidades onde a infraestruutra é mais crítica de qualidade.

Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 28 bilhões no Brasil

Receita bruta, no entanto, caiu 5% e ficou em R$ 226 bilhões. Aportes maiores foram em expansão de infraestrutura.


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G