TELECOM

Multas a serem "perdoadas" pela Anatel somam R$ 9,1 bilhões

Luiz Queiroz ... 18/05/2017 ... Convergência Digital

O parecer da secretaria responsável pela fiscalização do setor de Telecomunicações, do Tribunal de Contas da União (SeinfraCom), traz oficialmente o montante das multas (aplicadas e estimadas) que a Anatel estaria disposta a trocar com as empresas de telefonia, por investimentos em infraestrutura de rede, através dos Termos de Ajustamento de Conduta (TAC).

Segundo dados consolidados em dezembro de 2016 da SeinfraCom, em valores, esse montante das multas (aplicadas e estimadas) seria da ordem de R$ 9,1 bilhões, considerando 37 pedidos de celebração de TAC para inúmeros processos administrativos movidos pela agência.

De acordo com a parecer dos auditores, somente a Oi teria um montante estimado em multas a serem negociadas num TAC no total de R$ 4,6 bilhões. A Anatel já teria aplicado cerca de R$ 1,9 bilhão em multas contra a Oi. que podem ser convertidas em TAC. O total a ser "perdoado" em multas da Oi seria da ordem de R$ 6,5 bilhões.

O segundo colocado neste ranking levantado pelo TCU, a partir de informações cedidas pela própria Anatel, é a Telefonica, que no quadro apareceria com valores bastante desatualizados em relação ao parecer emitido pelos auditores do TCU. No ranking, a Telefonica teria R$ 1,2 bilhão estimado em multas e R$ 560 milhões em multas aplicadas, perfazendo um total de R$ 1,7 bilhão.

Entretanto os dados da Telefonica estão desatualizados, pois a Anatel entregou as informações em agosto de 2016. Tanto que ontem, ao vazar o parecer da SeinfraCom, os auditores do TCU já teriam atualizado esses valores para algo em torno de R$ 2,8 nilhões.

Porém, há um questionamento que ainda não foi esclarecido nem da parte da Anatel, tampouco pelo TCU. Esse montante negociado para a realização do TAC com a Telefonica, de R$ 2,8 bilhões, levaria a empresa a ter de investir em infraestrutura um valor bem superior ao que teria de pagar em multas: R$ 4,8 bilhões, somente com a montagem de novas redes de fibras opticas. Por que seria um bom negócio para a Telefonica pagar R$ 2,8 bilhões, ao invés de ser obrigada a gastar R$ 4,8 bilhões?

O vazamento criou um mal estar dentro da Anatel, que entende que o TCU, além de esvaziar a competência para gerir o setor da agência reguladora, permitiu que os nomes dos conselheiros supostamente envolvidos no processo fossem expostos perante a opinião pública, sem que o processo tenha passado pela instância final do tribunal, o plenário. Ainda não se tem notícias de como a Anatel pretende reagir contra o parecer dos auditores do TCU. Os fatos em Brasília acabam sendo atropelados pelo volume de notícias referentes à crise política instalada no país.


Oi sobe o tom e diz que acusações da AIDMIN são 'irresponsáveis e vazias'

Em nota oficial, operadora diz que foram proferidas acusações desprovidas de fundamentos pela 'suposta representante de minoritários' e diz que "os ataques não passam de denúncias vazias lançadas irresponsavelmente, contra a companhia".

Justiça impõe derrota aos acionistas minoritários da Oi

Determinação é para que Junta Comercial e CVM desconsiderem decisões da Assembleia Geral que mudou diretoria. 

Senado atrela renovação de outorgas ao bloqueio de celular em presídio

Projeto prevê uso do Fundo Penitenciário Nacional para a instalação dos bloqueadores, mas emenda admite que o custo seja repassado às operadoras e que licenças só sejam renovadas se medida for aplicada. 

AT&T prepara a venda do controle da Sky no Brasil

Operadora norte-americana teria pedido aos órgãos reguladores um pedido de IPO para vender suas ações na DirecTV Latin America, dona da Sky Brasil, ainda no primeiro semestre. A Sky está no segundo lugar no mercado de TV paga no Brasil.

Governo pede aprovação do PLC 79/16 em mensagem ao Congresso

“Faz-se necessária uma reforma regulatória que busque atualizar a legislação em vigor, visto que a concessão de telefonia fixa se torna cada dia menos atrativa, gerando riscos para a continuidade do serviço”, sustenta o Executivo.

TIM se prepara para sair da 'zona de conforto' na banda larga fixa

Operadora planeja ir além dos mercados do Rio de Janeiro e de São Paulo, revelou Stefano De Angelis. Ultra banda larga é uma janela de oportunidade para não ser perdida.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G