Home - Convergência Digital

Plano Nacional de IoT terá nova etapa de consulta pública em junho

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 19/05/2017

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) projeta lançar no mês de junho a segunda etapa da série de consultas públicas (após a consulta maior encerrada em janeiro) para fomentar o Plano Nacional de Internet das Coisas, programado para ser apresentado em setembro.

A informação foi dada pelo coordenador-geral da Secretaria de Política de Informática do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC/Sepin, Thales Marçal, em reunião da Comissão de IoT da Abinee, realizada nesta quinta-feira, 18/05.

A nova consulta tem o objetivo de definir ambientes de aplicação prioritários das tecnologias IoT. O governo já identificou cerca de 13 segmentos, com destaque para aeroespacial, cidades inteligentes, agricultura e manufatura avançada. “Temos que focar naquelas áreas com menos barreiras e que apresentem mais vantagens comparativas”.

O MCTIC também vai fazer um levantamento sobre iniciativas no assunto, a fim de mapear o que cada empresa vem desenvolvendo, estabelecendo, assim, um ecossistema de IoT. O Plano Nacional de Internet das Coisas Plano Nacional de Internet das Coisas contempla ações no âmbito regulatório, padronização e segurança, responsabilização e educação digital. “O Estado terá o papel de indutor, mas entendemos que o protagonismo deve ser da iniciativa privada”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/03/2019
Mais de 400 mil ataques DDoS por meio de IoT aconteceram no 1º trimestre

19/03/2019
Chapecó, em SC, é a primeira cidade com rede própria de IoT da Vivo

19/03/2019
BNDES elege três municípios para serem transformados, via IoT, em cidades inteligentes

18/03/2019
TIM ativa rede NB-IoT com alcance de 100 Km em Goianésia, interior de Goiás

15/03/2019
Internet das Coisas é prioridade e vai muito além da oferta de conectividade

12/03/2019
Plano Nacional de Internet das Coisas precisa sair da retranca

27/02/2019
Com cobrança do Fistel, Anatel diz que IoT não acontece no Brasil

06/02/2019
IDC: Empresas brasileiras fazem mais do que falam sobre Internet das Coisas

04/02/2019
Por defesa cibernética, governo terá requisitos para Internet das coisas

31/01/2019
Ericsson quer massificar aplicações móveis de IoT

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site