SEGURANÇA

Brasil é maior alvo de ataques DDoS na América Latina

Da redação ... 22/05/2017 ... Convergência Digital

Na América Latina, o Brasil é o país que sofre o maior número de ataques DDoS (54%). Dirigem-se também ao Brasil os ataques de negação de serviço mais intensos, seguindo-se Argentina, Chile, Equador, Colômbia e México. Esses dados foram recolhidos pela Arbor Networks na pesquisa para seu 12º Relatório Anual sobre Segurança da Infraestrutura Global de Redes, o WISR (sigla em inglês de Worldwide Infrastructure Security Report).

De acordo com o relatório, os ataques DDoS se tornam em todo o mundo – e a América Latina não é exceção – mais frequentes, e, também, mais intensos, utilizando-se de maciços volumes de solicitações de acesso para bloquear, como em uma via de trânsito engarrafada, as solicitações legítimas. Julio Arruda, especialista da Arbor Networks, comenta que, em 2016, os ataques volumétricos mais expressivos se realizaram tendo como “armas” as redes zumbi, ou botnets, formadas por dispositivos IoT, como, por exemplo, câmeras de vigilância.

"Embora o primeiro grande ataque utilizando dispositivos IoT tenha sido identificado em 2013, em 2016 assistimos à sua disseminação, devido principalmente a dois fatores: em primeiro lugar, a utilização cada vez mais ampla desses dispositivos por empresas em residências; depois, por características inerentes a esses aparelhos que facilitam seu ‘recrutamento’ para as redes zumbi”, acrescenta.

A complexidade dos ataques também vem aumentando, com a utilização simultânea de diversos vetores para atacar diferentes pontos da infraestrutura da organização visada, o que torna mais difícil a defesa contra eles. A Arbor Networks é uma das patrocinadoras do LACNIC 27, organizado pelo Registro de Endereçamento da Internet da América Latina e o Caribe (LACNIC), em conjunto com o NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR) e com o CGI.br (Comitê Gestor de Internet no Brasil). O evento reúne, esta semana, a comunidade latino-americana de Internet. Baixe o resumo do 12º Relatório WISR em: http://br.arbornetworks.com/visibilidad-de-redes/  


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Reconhecimento facial protagoniza segurança na Copa América

Evento que é considerado o maior do futebol na América Latina terá um mega esquema de segurança e as atividades controladas a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, em Brasília.

Fraude na Internet: Um em cada cinco brasileiros já foi vítima de roubo de identidade

Pesquisa, produzida pela PSafe, projeta que 24,2 milhões de brasileiros foram potenciais vítimas de fraudes online em todo país. O telefone é o dado mais usado de forma fraudulenta, seeguido de credenciais de redes sociais.

Segurança cibernética é tecnológica, é política e é estratégica para um País

Segurança cibernética permeia todas as ações de proteção de uma empresa ou País, advertiu o diretor de relações governamentais e regulatórios da Huawei Brasil, Carlos Lauria.

Vulnerabilidade BlueKeep, no Windows, é tão perigosa quanto foi o Wanna Cry

rA recomendação urgente é a atualização dos sistemas operacionais Windows, em especial, os mais antigos como o Windows 2003, Windows Server 2008 e 2008 R2.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G