Home - Convergência Digital

Com 700 MHz, tráfego da rede 4G da TIM cresceu mais de 63% em Brasília

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 29/05/2017

Ativada no dia 21 de abril, a rede 4G da TIM em 700 MHz já contabiliza números expressivos. Em menos de 30 dias, o tráfego na rede 4G da operadora em Brasília cresceu mais de 63%, conta em entrevista exclusiva à CDTV, o CTO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville. O número de usuários conectados no 4G cresceu mais de 30%.

"Houve uma melhoria expressiva na cobertura indoor. Com o 2,6 GHz, havia uma cobertura de 50% da rede indoor. Com o refarming do 1,8MHz, crescemos para 70%. Mas com o 700MHz, superamos a marca de 99% de cobertura", afirma o executivo.

O incremento do tráfego não foi contabilizado apenas em Brasília. Nas cidades onde a TIM já pode usar a faixa-  Uberlândia, Campo Grande e Terezina - o resultado foi muito semelhante. "Em Teresina, o tráfego 4G cresceu 50%. E o mesmo se repetiu em Campo Grande", reforça Capdeville. Na acirrada disputa pelo usuário 4G, a TIM aposta na ampliação efetiva da cobertura 4G.

"Mais do que dizer que estamos numa cidade, estamos apostando mesmo em sites para dar amplitude. Em Brasília, colocamos mais de 260 antenas. Em todas as localidades com 700 Mhz, já temos mais de 500 antenas", acrescenta. O dado é relevante se pensar na concorrência.

De acordo com o aplicativo da Anatel, Vivo e Claro - que também já ativaram o 4G em 700 Mhz - estão bem distantes em termos de antenas: A Vivo com 94 antenas e a Claro com 20 antenas. Com dados representando o maior percentual da receita, a TIM sustenta: onde a faixa de 700 Mhz for liberada, a rede será ativada no dia seguinte. As próximas no mapa são as capitais do Nordeste. Assistam a entrevista com Leonardo Capdeville.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/11/2017
Fistel zero para Internet das Coisas

21/11/2017
Nextel Brasil: Teles ganharam mais do que perderam com as OTTs

16/11/2017
4G não licenciado terá standard em 2018

16/11/2017
Blockchain vai "descommoditizar" o agronegócio

16/11/2017
Conteúdo e infraestrutura precisam se entender por sobrevivência

14/11/2017
AmericaNet: Não faz sentido ter de construir rede por conta de direito de passagem

13/11/2017
Use Telecom: "Não conseguimos um real sequer do BNDES e da FINEP"

10/11/2017
TIM abre laboratório para projeto de rede do Facebook na América Latina

10/11/2017
Faltam dinheiro e apoio para a construção de rede no Brasil

10/11/2017
Telebrasil: 4G chega a 3259 municípios e 3G a 5099 localidades

Destaques
Destaques

Melhores 4G do mundo se estabilizam em 45 Mbps

Com média de 20 Mbps, o Brasil não faz feio entre 77 países analisados nesse quesito. Mas a disponibilidade ainda está abaixo de 60% do tempo, de acordo com relatório do 3º trimestre divulgado pela Opensignal.

Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

Estudo da GSMA aponta que as operadoras vão investir US$ 70 bilhões para aumentar a cobertura 4G na região. Levantamento também mostra que há 300 milhões de pessoas digitalmente excluídas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site