INCLUSÃO DIGITAL

TV Digital: Goiânia fica abaixo da meta e apagão é adiado

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/05/2017 ... Convergência Digital

O desligamento dos sinais analógicos de televisão será adiado em Goiânia e outras 28 cidades da região metropolitana. A decisão prorrogar o prazo, agora para 21/6, se deu em reunião nesta terça, 30/5, do grupo de implementação da digitalização, que reúne emissoras, operadoras móveis, Anatel e governo. Segundo a mais recente pesquisa do Ibope, apenas 88% dos domicílios na região estão prontos para os sinais digitais. 

“Como a pesquisa não chegou nos 90%, decidiu-se que inicia o desligamento amanhã [31/5] e vai ficar em aberto para que cada radiodifusor tenha o prazo limite de 21/6 para o desligamento. E vamos fazer uma nova pesquisa”, explicou o presidente da Anatel, e do Gired, Juarez Quadros. 

O mesmo aconteceu em Brasília, que tinha desligamento analógico previsto para 26/10 do ano passado, mas também chegou ao dia previsto com apenas 88% dos lares aptos a receber os sinais digitais. A regra prevê que o ‘apagão’ analógico exige 93% dos domicílios preparados – e como a margem de erro é de três pontos, o Gired considera 90% como a marca a ser batida. 

A pesquisa foi realizada na semana de 20/5 e segundo a Seja Digital, empresa que atua como braço operacional da transição, as projeções indicam que 90% devem ser atingidos no prazo. Ainda assim, o Gired preferiu adiar. Na prática, também deve se repetir o que foi visto em Brasília, com algumas emissoras fazendo o desligamento analógico já, como as TVs legislativas, enquanto as TVs comerciais só terão transmissão exclusivamente digital a partir da nova data. 

Para o presidente da Seja Digital, Antonio Marteletto, embora o ritmo de preparação de Goiânia e região esteja acelerado, o “atraso” estaria relacionado a uma maior proporção da população de baixa renda no total. “A representatividade da classe C2DE, de baixa renda, é 50% da população nos 1,3 milhão de domicílios de Goiânia e região. Em Brasília eram apenas 42%. Em São Paulo, 37%”, avaliou. 

Lá, já foram entregues mais kits de conversor e antena do que o previsto – 330 mil, contra 278 mil inicialmente estimados. “Entregamos mais kits do que beneficiários de programas sociais, porque tem população carente que não está listada. Estamos distribuindo 30 mil kits por semana e vamos continuar até 45 dias depois da nova data de desligamento”, completou Marteletto. 


Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Anatel quer saber se há interesse em investir em satélites no Brasil

Consulta pública sobre o tema recebe contribuições até 7 de setembro. Ideia é saber se há empresas que queiram prover serviço ininterrupto de capacidade satelital por cinco anos a partir de 1 de janeiro de 2021.

Sem rede e velocidade de conexão, escola rural padece para acessar à Internet

Apenas 34% das escolas possuem ao menos um computador com acesso à internet e a velocidade de conexão é baixa para permitir uso pedagógico, na faixa de 2 Mbps, revela a pesquisa TIC Educação 2018, do CGI.br.

Anatel quer BNDES como agente financeiro para usar FUST na expansão da banda larga

Agência reguladora aprovou o Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações, o PERT. De acordo com a Anatel, 3.542 dos 5.570 municípios do país não possuem acesso à rede de fibra óptica. Agência também diz que dos R$ 20 bilhões do FUST, apenas R$ 200 mil foram aplicados no setor.

Acesso à Internet reproduz desigualdade social e econômica no Brasil

Estudo do IPEA mostra que a falta de acesso à internet repete as mesmas adversidades e exclusões já verificadas na sociedade brasileira no que tange a analfabetos, menos escolarizados, negros, população indígena e desempregados.  Homens e mulheres têm comportamento semelhantes na Web.

Google Station é plataforma de monetização para Programa WiFi Livre SP

Empresa firmou parceria com América Net e Linktel, com patrocínio do Itaú, e já conta com 80 hotspots distribuídos na capital de São Paulo.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G