Home - Convergência Digital

Cade aprova sem restrições aquisição de fatia de 30% da Nextel

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 04/07/2017

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição de uma participação de 30% da Nextel pela AINMT Brasil Holding, que é controlada pelo Grupo Access e ainda não opera no Brasil, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 04/07.

Em 6 de junho, a  Agência Reuters noticiou que acordo entre a NII Holdings, dona da marca Nextel no Brasil, e o grupo escandinavo AINMT, por meio do qual a controladora da operadora norueguesa Ice poderia investir até 200 milhões de dólares na brasileira Nextel.

Inicialmente, a AINMT investiu 50 milhões de dólares em uma fatia de 30% da Nextel. Mas o contrato confere à AINMT a opção de ampliar sua participação para 60%, assumindo o papel de acionista controlador da Nextel, conforme parecer no site do Cade.

O documento ressalta, ainda, que a operação "não oferece riscos ao cenário concorrencial brasileiro", já que o Grupo Access não possui em seu portfólio empresas que atuam no mesmo segmento da Nextel.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/11/2018
Telecom Italia autoriza TIM a fazer oferta para comprar Nextel

08/11/2018
Nextel respira, mas segue buscando um novo comprador no Brasil

30/10/2018
Nextel adota sistema de entrega expressa de chips

07/08/2018
Prejuízo acelera processo de venda da Nextel Brasil

15/06/2018
Nextel mira a classe C para viabilizar operação no Brasil

08/05/2018
Nextel Brasil tem melhor performance em dois anos, mas ainda registra prejuízo operacional

19/04/2018
Nextel vai pagar R$ 68 milhões pela migração para SMP

08/03/2018
Grupo sueco desiste de assumir controle da Nextel Brasil

08/03/2018
Nextel Brasil dá prejuízo, mas se diz 'energizada' para executar plano de 2018

08/01/2018
Nextel afirma contar com R$ 1,33 bi para expandir 3G/4G

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site