INTERNET

Justiça Federal nega violação de privacidade do Google por rastrear emails

Luís Osvaldo Grossmann ... 13/07/2017 ... Convergência Digital

A Justiça Federal no Piauí negou um pedido do Ministério Público para que fosse determinada a suspensão imediata do rastreamento de mensagens usado pela Google para encaminhar publicidade direcionada com base na troca de e-mails dos usuários. Segundo a decisão, não há comprovação de que existe violação de privacidade. 

“Em que pesem as alegações do Parquet de que estaria havendo invasão de privacidade pela parte ré, tal argumento não merece prosperar, haja vista a inexistência de comprovação nos autos de que a violação efetivamente ocorre com a leitura do conteúdo escrito nos e-mails”, diz o despacho do juiz federal substituto Felipe Gonçalves Pinto, que pode ser conferido no Observatório do Marco Civil da Internet

Segundo o juiz, “como explanado na contestação, a empresa-ré não visualiza o conteúdo do e-mail, apenas identifica palavras-chave para fins de encaminhamento automatizado de propaganda direcionada, sem divulgar esses dados a terceiros ou a qualquer outro usuário”. Além disso, apontou que “ao abrir uma conta Google, o usuário precisa concordar expressamente, em janela específica, com o uso de dados, portanto não vislumbro ilicitude por parte da requerida”, e que “pode a qualquer tempo revogar o consentimento para a coleta de dados, excluindo a conta da Google, bem como desabilitar tão somente a exibição da propaganda direcionada”.

O despacho trata do pedido de tutela antecipada feito pelo MPF, ainda que ao negar o pleito o juiz já tenha indicado alguma consideração de mérito. No entanto, como também firmou na decisão, “diante da possibilidade de haver autocomposição em torno do litígio”, marcou audiência de conciliação a ser realizada em setembro.


Com 100 Acórdãos, STJ começa a firmar jurisprudência sobre internet no Brasil

Levantamento reúne decisões que tratam de disputas sobre responsabilidade, remoção e indenização por conteúdos postados na rede. 

Começa processo de leilão para 186 endereços ‘.br’

Primeira lista inclui domínios como nao.com.br, chope.com.br e zico.com.br. Outros 500 endereços na internet brasileira estão na fila. Lance mínimo e de R$ 50. 

Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

Pesquisa com 200 mil usuários de iPhones sugere que o tempo de uso ‘feliz’ do Facebook é de 22 minutos por dia, em média, enquanto ‘infeliz' chega a 59 minutos. No Netflix, proporção é de 39/81 minutos.

Proteste recorre sobre ‘zero rating’ e diz que Cade não ouviu CGI.br ou Senacon

Para entidade, órgão antitruste encerrou investigação baseado nas alegações da Anatel e do MCTIC, sem ouvir os outros fiscais do Marco Civil da Internet. 

Acesso à Internet está presente em 54% dos domicílios do Brasil

Desigualdade ainda é muito forte e classes C, D e E se ressentem do preço cobrado pelo serviço, revela estudo TIC Domicílios, divulgado pelo CGI.br.

Revista Abranet 21 . junho/agosto 2017
Veja a Revista Abranet nº 21 Convenção Abranet 2017 reuniu provedores de Internet na Bahia para debater não apenas o mercado, mas também a atual situação do Brasil.
Veja também: Oportunidades no Wi-Fi; A revolução do blockchain; WannaCry para a Internet e muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G