TELECOM

Em seis meses, telefonia móvel perdeu quase 2 milhões de chips

Luís Osvaldo Grossmann ... 25/07/2017 ... Convergência Digital

Na primeira metade de 2017, as operadoras de telefônica móvel perderam mais 1,95 milhão de acessos, em uma sangria que parece estancar, ao menos para a maioria das operadoras, ainda que o quadro geral continue negativo na soma das adições líquidas. 

Segundo a Anatel, em 30 de junho deste ano eram 242,1 milhões de chips ativos, o que significa um ajuste forte desde que a perda de clientes se tornou regra, a partir de meados de 2015. Em maio daquele ano, o setor chegou a contar com 284,1 milhões de acessos em serviço. Um tombo, portanto, de 42 milhões de chips, ou 14,7% do mercado. 

Essa erosão foi concentrada nas quatro principais operadoras do país - que também estabeleceram a disputa pelo chip único -ainda que com algumas diferenças. Os dados de junho implicam que apenas a Tim segue perdendo clientes. No mês, foram menos 206,1 mil acessos, número superior à soma de adições líquidas de Vivo, Claro e Oi (182 mil) no mesmo período. 

Todas elas estão hoje menores do que em 2015. A Tim viu sumirem 14,9 milhões de acessos ativos (-19,7%) desde lá. A Oi perdeu 8,6 milhões (-17%), a Claro 11,6 milhões (-16,2%) e a Vivo 8,7 milhões (-10,5%). Juntas viram desaparecer 44 milhões de chips, número parcialmente compensado pelas demais, especialmente as MVNOs Porto Seguro e Datora. 

Nos últimos 12 meses, foram essas as empresas com melhor desempenho. A Porto Seguro ampliou os acessos ativos em 150,3 mil linhas (alta de 40,9%), enquanto a Datora cresceu 82,8 mil linhas (alta de 126,6%). Entre as grandes, só a Vivo tem adições líquidas positivas no mesmo período (1 milhão de linhas, alta de 1,4%). Claro, Tim e Oi tiveram reduções de 3.991.992 (-6,21%), de 3.156.938 (-4,93%) e de 5.521.586  linhas (-11,61%).


Internet Móvel 3G 4G
Testes de 5G indicam que será preciso mitigar 6 milhões de parabólicas

Estudos no Brasil mostram que o uso da faixa de 3,5 GHz para a nova geração tecnológica vai exigir filtros pelo menos nas 30% de antenas residenciais instaladas em grandes centros.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Reforma tributária: integrantes do PSDB discordam sobre o teor

Ao participarem  do Painel Telebrasil 2019, em Brasília, o deputado Vitor Lippi (PSDB/SP) e o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan (PSDB/RS), discordaram sobre o teor das reformas em discussão no Congresso.

TIM quer infraestrutura única para cidades com menos de 30 mil habitantes

Para o CTIO da operadora, Leonardo Capdeville, não faz sentido infraestruturas diferentes em localidades onde a receita é mais baixa. CEO da TIM, Pietro Labriola, fala em IoT como fonte nova de receita.

Anatel mantém pente fino na recuperação judicial da Oi

Agência vai manter o grupo de trabalho criado para acompanhar a operadora. Também quer receber dados financeiros, fluxo de caixa atual, receitas e custos e financiamentos, além de eventuais alienações. Prazo dado à Oi para passar as informações é de 60 dias.

Uma em cada cinco conexões à internet fixa acontece por fibra óptica

Em 12 meses, proporção dos acessos registrados pela Anatel que usam a tecnologia passou de 12% para 20% do total. Cabo detém outros 30%. O Brasil contabiliza 6,33 milhões de acessos em fibra óptica. ISPs mostram força e já representam 21% do market share.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G