TELECOM

Em seis meses, telefonia móvel perdeu quase 2 milhões de chips

Luís Osvaldo Grossmann ... 25/07/2017 ... Convergência Digital

Na primeira metade de 2017, as operadoras de telefônica móvel perderam mais 1,95 milhão de acessos, em uma sangria que parece estancar, ao menos para a maioria das operadoras, ainda que o quadro geral continue negativo na soma das adições líquidas. 

Segundo a Anatel, em 30 de junho deste ano eram 242,1 milhões de chips ativos, o que significa um ajuste forte desde que a perda de clientes se tornou regra, a partir de meados de 2015. Em maio daquele ano, o setor chegou a contar com 284,1 milhões de acessos em serviço. Um tombo, portanto, de 42 milhões de chips, ou 14,7% do mercado. 

Essa erosão foi concentrada nas quatro principais operadoras do país - que também estabeleceram a disputa pelo chip único -ainda que com algumas diferenças. Os dados de junho implicam que apenas a Tim segue perdendo clientes. No mês, foram menos 206,1 mil acessos, número superior à soma de adições líquidas de Vivo, Claro e Oi (182 mil) no mesmo período. 

Todas elas estão hoje menores do que em 2015. A Tim viu sumirem 14,9 milhões de acessos ativos (-19,7%) desde lá. A Oi perdeu 8,6 milhões (-17%), a Claro 11,6 milhões (-16,2%) e a Vivo 8,7 milhões (-10,5%). Juntas viram desaparecer 44 milhões de chips, número parcialmente compensado pelas demais, especialmente as MVNOs Porto Seguro e Datora. 

Nos últimos 12 meses, foram essas as empresas com melhor desempenho. A Porto Seguro ampliou os acessos ativos em 150,3 mil linhas (alta de 40,9%), enquanto a Datora cresceu 82,8 mil linhas (alta de 126,6%). Entre as grandes, só a Vivo tem adições líquidas positivas no mesmo período (1 milhão de linhas, alta de 1,4%). Claro, Tim e Oi tiveram reduções de 3.991.992 (-6,21%), de 3.156.938 (-4,93%) e de 5.521.586  linhas (-11,61%).


Eletrosul testa suporte por satélite com Telebras e Hughes

Com 11 mil km de linhas de transmissão, a empresa é responsável por aproximadamente 10% do sistema de transmissão do País. Piloto terá duração de 60 dias.

Rede fixa três vezes maior do que a das rivais será o futuro da Oi

O diretor de Tecnologia de Redes e Sistema da Oi, Pedro Falcão, sustentou que o backbone óptico e as redes metropolitanas são a 'joia da coroa' e despertam a ambição dos concorrentes. "A Internet de Tudo exigirá muita rede fixa", frisou.

Oi unifica mainframes para acelerar serviços digitais

Tele também montou o Centro de Gerência de Serviços, em Brasília, com a missão de unificar as ações em áreas como recarga de pré-pago e faturamento.

Sercomtel terá 90 dias para se defender da caducidade das outorgas

Novo presidente da operadora paranaense foi à Anatel pedir autorização para vender imóveis e gerar caixa, mas uma decisão depende do processo de extinção das licenças em curso, que pode levar 12 meses. 

Anatel nega cautelar para afastar fundo da Oi, mas vai apurar controle da Nextel

Para a agência, controle da tele não passa de hipótese e depende da conversão da dívida por ações como proposto pelo fundo. Em Nova York, Aurelius foi derrotado na tentativa de tirar a recuperação judicial do Brasil. 

Celulares piratas: Teles dizem que bloqueio estimula mercado de segunda mão

“Essa vacina tem consequências danosas. Vai dar a impressão de que não existem mais aparelhos ‘xing ling’ porque todos terão IMEI válido”, disparou o presidente-executivo do Sinditelebrasil, Eduardo Levy. 


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G