TELECOM

TAC é polêmico, mas necessário, diz Aníbal Diniz, da Anatel

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/08/2017 ... Convergência Digital

A Câmara dos Deputados realizou nesta terça, 8/8, mais uma audiência pública para discutir a qualidade dos serviços de telecomunicações no Brasil. Em meio ao lamento dos escassos deputados presentes, o conselheiro da Anatel, Aníbal Diniz, defendeu os acordos de troca de multas por investimentos como forma de garantir recursos que tenham reflexo na qualidade dos serviços. 

“TAC é polemico, um assunto extremamente complexo, de equações complexas com muitas variáveis. Entendo quem vê como uma forma de aliviar para o devedor. Mas acontece que estamos no Brasil, onde tudo é muito judicializado. Hoje as empresas tem R$ 20 bilhões em multas acumuladas na Anatel. E quase sempre quando termina o processo de decisão na Anatel é judicializado. Podemos passar anos nessas demandas e nunca ver cor do dinheiro. E quando chegar, vai cobrir déficit público e não para ajudar as telecomunicações.”

Para o conselheiro, o posicionamento da área técnica do Tribunal de Contas da União, que aponta para risco de dano ao erário no TAC que seria firmado com a Telefônica, está errado. “O apontamento de prejuízo ao erário no TAC da Telefônica é um exagero”, afirmou. 

Segundo insistiu, os TACs são uma forma de garantir recursos para redes de telecom. “Queremos encontrar uma alternativa para converter obrigações não cumpridas e ter investimento adicional equivalente a praticamente ao dobro da multa estabelecida e sempre com áreas a serem priorizadas, com indicadores das pessoas que mais necessitam.”


AGU confirma multa de R$ 414 mil aplicada à SKY por cobrança indevida

A penalidade foi imposta pela Anatel após a empresa trocar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) gratuito por um tarifado, em desobediência à regulamentação do setor..

Anatel impede efeitos no Brasil da compra da Time Warner pela AT&T

Embora tenha mantido a decisão de esperar pela análise do CADE, agência baixou uma medida cautelar para evitar impactos no mercado de TV paga no país, por conta das vedações existentes na Lei do Seac (12.485/11).

Kassab não desistiu de aprovar a nova Lei de Telecom ainda em 2017

Ministro disse que vai se reunir com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, “nos próximos dias ou semanas” para pedir que o PLC 79/16 seja colocado em votação. 

Oi vai vender mais pela Internet e quer investir R$ 7 bi/ano

Marco Schroeder diz que a expectativa é aumentar o aporte, com a capitalização, em R$ 2 bi nos próximos três anos. FTTH, 4G e serviços digitais são a prioridade. "Operação da Oi está preservada e houve ganho de eficiência operacional", sustentou.

Record, SBT e RedeTV! fecham com Vivo para transmissão na TV paga

Transmissões foram suspensas desde 29/3, quando houve o desligamento dos sinais analógicos em São Paulo. Empresas não informaram os valores do acordo. Ainda não há acordo com Net e Sky, que somadas representam 81% dos assinantes da TV paga.

Justiça impede Anatel de remover retransmissor de TV instalado por município

Para a Justiça Federal de Brasília, apesar da previsão legal, não é razoável privar a população do acesso a televisão diante da notória omissão do poder público. 


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G