Home - Convergência Digital

Reação faz Uber desistir de rastrear usuários após as viagens

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 29/08/2017

A Uber Technologies está retirando um recurso muito criticado de seu aplicativo que permitiu rastrear usuários por até cinco minutos após uma viagem, disse à Reuters o diretor de segurança da empresa, Joe Sullivan.

Espera-se que a mudança, que restaura a possibilidade dos usuários compartilharem seus dados de localização apenas enquanto usam o aplicativo, seja anunciada nesta terça-feira, 29/08 e será válida para o iPhone e para os celulares Android.

Em novembro do ano passado, uma atualização eliminou a opção dos usuários de limitarem a coleta de dados apenas quando utilizam o aplicativo, forçando-os a escolher entre permitir que o Uber sempre tenha acesso aos dados de localização ou nunca.

À época, a explicação dada é que a empresa precisava da permissão para sempre rastrear os clientes por cinco minutos após a conclusão da viagem, pois acreditava que poderia ajudar a garantir a segurança física dos clientes.

Mas as mudanças foram criticadas por usuários e defensores da privacidade, que chamaram a decisão de violação da confiança dos usuários por uma empresa já questionada pela forma como coleta e usa os dados de clientes. A Uber disse que nunca rastreou os usuários de iPhones após as viagens e que suspendeu a prática para usuários do Android.

De acordo com a Uber, o fim dessa funcionalidade não está ligada à tentativa de recuperar a imagem desgastada no mercado, que culminou na saída do presidente-executivo Travis Kalanick e outros executivos da empresa. Dara Khosrowshahi, presidente-executivo da Expedia, está preparado para se tornar o novo presidente da Uber.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2018
Marcio Mattos assume comando da empresa nacional M2M Solutions

12/06/2018
Liga de futebol da Espanha usa celulares para espionar transmissão de jogos

11/06/2018
Netflix, Spotify e Deezer são os serviços mais acessados no smartphone

28/05/2018
Apps de e-gov não pedem consentimento e coletam mais dados do que precisam

11/05/2018
Governo adota aplicativo para fiscalizar e agilizar obras

07/05/2018
Brasileiros buscam smartphones entre R$ 700 a R$ 1.220,00

03/05/2018
TIM fecha com You Tube, amplia uso das OTTs e libera VoIP ilimitado

27/04/2018
Rio vai cobrar 1% das corridas de Uber, Cabify e demais apps

24/04/2018
Simsimi: app é proibido no Brasil depois de Inteligência Artificial não funcionar como deveria

24/04/2018
Streaming já representa 38% do faturamento da indústria musical

Destaques
Destaques

Brasileiro cada vez mais assiste TV conectado à Internet

Pesquisa mostra que 46% dos entrevistados disseram que 'sempre' navegam na Rede enquanto assistem televisão. O smartphone é o dispositivo mais usado para navegar na Internet.

Celular é o meio mais usado para as transações bancárias

Pesquisa Febraban mostra que no mobile banking, as transações pularam de 18,6 bilhões para 25,6 bilhões, um incremento de quase 40%. Já as feitas pela Internet registraram pequeno crescimento passando de 15,5 bilhões para 15,8 bilhões em 2017.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A grande oportunidade da IA no negócio do carro conectado

Por: Eduardo Prado *

Os dados do seu carro vão valer ouro e não falta muito para isso, antecipa o consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo ao portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site