Home - Convergência Digital

Reação faz Uber desistir de rastrear usuários após as viagens

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 29/08/2017

A Uber Technologies está retirando um recurso muito criticado de seu aplicativo que permitiu rastrear usuários por até cinco minutos após uma viagem, disse à Reuters o diretor de segurança da empresa, Joe Sullivan.

Espera-se que a mudança, que restaura a possibilidade dos usuários compartilharem seus dados de localização apenas enquanto usam o aplicativo, seja anunciada nesta terça-feira, 29/08 e será válida para o iPhone e para os celulares Android.

Em novembro do ano passado, uma atualização eliminou a opção dos usuários de limitarem a coleta de dados apenas quando utilizam o aplicativo, forçando-os a escolher entre permitir que o Uber sempre tenha acesso aos dados de localização ou nunca.

À época, a explicação dada é que a empresa precisava da permissão para sempre rastrear os clientes por cinco minutos após a conclusão da viagem, pois acreditava que poderia ajudar a garantir a segurança física dos clientes.

Mas as mudanças foram criticadas por usuários e defensores da privacidade, que chamaram a decisão de violação da confiança dos usuários por uma empresa já questionada pela forma como coleta e usa os dados de clientes. A Uber disse que nunca rastreou os usuários de iPhones após as viagens e que suspendeu a prática para usuários do Android.

De acordo com a Uber, o fim dessa funcionalidade não está ligada à tentativa de recuperar a imagem desgastada no mercado, que culminou na saída do presidente-executivo Travis Kalanick e outros executivos da empresa. Dara Khosrowshahi, presidente-executivo da Expedia, está preparado para se tornar o novo presidente da Uber.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/11/2017
WhatsApp consome menos dados. Messenger vence em vídeo

06/11/2017
App de táxi do governo federal incentiva compartilhamento de corridas

31/10/2017
Senado;disputa Uber, Cabify e 99 x Taxis volta à Câmara

27/10/2017
CEO da Uber vem ao Brasil na véspera da votação no Senado

24/10/2017
Senado aprova urgência e derruba substitutivo à Lei do Uber

24/10/2017
LATAM vai vender Internet Wi-Fi em voos no Brasil

24/10/2017
Desenvolvedor de app tem maior crescimento salarial em TI

19/10/2017
Acordo no Senado prevê votação da Lei do Uber em 24 de outubro

10/10/2017
Uber leva abaixo-assinado com 815 mil assinaturas ao Senado

09/10/2017
Governo usa aplicativo para tramitação de documentos

Destaques
Destaques

Melhores 4G do mundo se estabilizam em 45 Mbps

Com média de 20 Mbps, o Brasil não faz feio entre 77 países analisados nesse quesito. Mas a disponibilidade ainda está abaixo de 60% do tempo, de acordo com relatório do 3º trimestre divulgado pela Opensignal.

Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

Estudo da GSMA aponta que as operadoras vão investir US$ 70 bilhões para aumentar a cobertura 4G na região. Levantamento também mostra que há 300 milhões de pessoas digitalmente excluídas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site