INOVAÇÃO

Banco Central abre consulta para regular atuação das fintechs

Ana Paula Lobo* ... 31/08/2017 ... Convergência Digital

O Banco Central do Brasil publicou na quarta-feira, 30/08, o Edital de Consulta Pública  55/ 2017, divulgando proposta de norma que dispõe sobre a constituição e o funcionamento da sociedade de crédito direto e da sociedade de empréstimo entre pessoas.

A norma, que faz parte da Agenda BC+, pilar “Crédito mais Barato”,  também disciplina a realização de operações de empréstimo entre pessoas por meio de plataforma eletrônica. A medida está inserida na estratégia do Banco Central de aumentar a competição no Sistema Financeiro Nacional, fomentar o crédito e reduzir seu custo para o tomador final.
 
As novas normas estão voltadas para empresas que empregam intensivamente tecnologia no mercado de crédito, conhecidas como Fintechs de crédito. As novas instituições financeiras estarão sujeitas a critérios de regulação proporcionais, compatíveis com o porte e o perfil de risco, e a processos de autorização simplificados.

A regulação das operações de crédito por meio de plataformas eletrônicas tende a aumentar a segurança jurídica dos contratos e pode contribuir para o aumento da eficiência e da concorrência no mercado de crédito, com potencial para a redução do spread bancário, com impacto positivo para a economia real, inclusive no que se refere ao crédito a pequenas e médias empresas.

A minuta está disponível no endereço do Banco Central do Brasil na internet e nas centrais de atendimento ao público, podendo os interessados encaminhar sugestões e comentários até 17 de novembro de 2017, por meio de uma das opções apresentadas no edital.

O mercado de fintechs revolucionou o segmento financeiro e fez os bancos tradicionais reverem suas estratégias digitais. O Bradesco, por exemplo, criou o Next, banco 100% digital. Dados do mercado dão conta que o Brasil possui hoje cerca de 250 fintechs, sendo que 60% delas se concentram nos segmentos de pagamentos, gestão financeira e empréstimos, justamente o mercado que o Banco Central planeja regular. Desde 2014, segundo reportagem do jornal Valor Econômico, as fintechs brasileiras receberam mais de R$ 1 bilhão em investimentos. Clique aqui e leia a minuta do Banco Central sobre a consulta pública das fintechs.

*Com informações do Banco Central


Cloud Computing
Apps e banco de dados são o carro-chefe das ofertas de PaaS

Maior parte das ofertas está direcionada para computação sem servidor, Inteligência Artificial e Machine Learning, observa o Gartner. A receita total do mercado de PaaS deverá atingir US$ 20 bilhões em 2019 e ultrapassará US$ 34 bilhões em 2022.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Ministério da Economia quer privatizar o financiamento à inovação

Além das empresas estatais de TICs como Serpro, Dataprev, Telebras e Ceitec, lista da secretaria de desestatizações , comandada por Salim Mattar, inclui a Finep, agência de fomento do MCTIC, e o próprio BNDES.

Com mais IA, biometria e big data, CNH Digital pula de 3 mil emissões/dia para 18 mil/dia

O cruzamento de dados biográficos e biométricos deu resultado e governo federal quer uma plataforma multicanal para atender a demanda de serviços digitais, revela o secretário de governo digital, Luiz Felipe Monteiro. Algoritmos também ganham destaque.

Rede GoB2B quer ser a plataforma de negócios global do Brasil

Empresa responsável pela criação da iniciativa reuniu um banco de dados com mais de 700 mil normas que permite uma companhia brasileira negociar, via rede, com qualquer outra global, sem intermediários apenas pela descrição do produto procurado, conta o dono da patente, Pierre Grossmann.

PwC: Brasil entra na segunda onda dos carros autônomos

Estudo da consultoria,publicado pelo site Autos Giros, mostra que o automóvel está deixando de ser uma propriedade para se tornar ‘apenas’ um veículo para a mobilidade. Mudança estrutural imposta pela tecnologia determina estratégias ousadas.

BNDES dobra financiamento e chega a R$ 30 milhões para projetos de Internet das Coisas

Investimentos somam R$ 88 milhões e vão viabilizar 15 projetos-piloto, tocados por 11 instituições, nas áreas de saúde, rural e cidades inteligentes.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G