INTERNET

Acesso à Internet está presente em 54% dos domicílios do Brasil

Por Roberta Prescott ... 05/09/2017 ... Convergência Digital

O acesso à internet ainda é bastante desigual no Brasil e o valor cobrado pela conexão à internet é a principal razão pela qual as pessoas não têm acesso conforme revela a 12ª edição da pesquisa TIC Domicílios, divulgada nesta terça-feira (05/09) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

De acordo com a pesquisa, 36,7 milhões de domicílios — ou 54% do total — possuem acesso à internet, mas, ao analisar a proporção destes acessos por classes sociais, áreas e regiões, fica claro que a desigualdade permanece. Enquanto nas classes mais ricas a conexão é uma realidade (classe A tem 98% dos lares com internet e a B, 91%), na classe C 60% dos domicílios têm internet e na D/E apenas 23%.  A desigualdade vale também na comparação das áreas rurais e urbanas.

Em 2016, 59% dos lares no perímetro urbano contavam com internet enquanto 26% dos lares rurais tinham acesso à internet. A discrepância atinge também as regiões. No Nordeste, 40% dos domicílios (ou 7,2 milhões) estão conectados, bem abaixo do Sudeste, que segue com a maior proporção (64% ou 18,8 milhões) de lares conectados, seguido do Centro-Oeste (56% ou 2,9 milhões) e do Sul (52% ou 5,4 milhões). No Norte, são 46% (ou 2,4 milhões de domicílios).

Uma das justificativas para a falta de internet é o valor cobrado. Dos entrevistados, 26% apontaram o preço caro como principal motivo para não terem acesso, seguido de falta de interesse (18%) e falta de necessidade (8%). “Teve muita gente afirmando que não consegue pagar pelo acesso”, destacou Winston Oyadomari, coordenador da pesquisa TIC Domicílios, durante coletiva de imprensa.

De abrangência geográfica nacional, a pesquisa TIC Domicílios tem por objetivo geral medir o acesso e os usos da população em relação às tecnologias de informação e comunicação. O público-alvo consiste em domicílios brasileiros e cidadãos com dez anos ou mais. Os dados foram coletados entre novembro de 2016 e junho de 2017 em um total de 23.721 entrevistas domiciliares realizadas face a face a partir de questionário estruturado foram feitas em 350 municípios.  Confira a íntegra da pesquisa aqui.


Eduardo Neger é o novo presidente da Abranet

Ele assume para o biênio 2019/2021 e a posse da nova diretoria está marcada para o começo de abril. Eduardo Parajo, que estava à frente da entidade, ficou com a vice-presidência.

Abrafix vai ao STF contra Lei do Rio de Janeiro sobre interrupção de telefone e internet

A Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix) ajuizou ação contra a Lei 8.099/2018, que obriga as concessionárias de serviços públicos essenciais a informar em tempo real a interrupção de seus serviços. Entidade ressalta que a competência para legislar sobre telecom é da União.

STJ decide que é ilegal cobrar taxa de conveniência para ingressos online

Julgamento da 3ª turma do Superior Tribunal de Justiça tem validade em todo o território nacional.

PayPal quer ter voz de comando no Mercado Livre

Empresa norte-americana quer comprar US$ 750 milhões em ações ordinárias do empresa de comércio eletrônico, que quer receber um aporte de US$ 1 bilhão para 'expandir a plataforma de comércio eletrônico'.

Candidata presidencial nos EUA quer tirar poder da Amazon, Google e Facebook

Senadora do partido Democrata por Massachusetts, e em campanha para enfrentar Donald Trump no ano que vem, Elizabeth Warren defende transformar as grandes plataformas da internet em “utilities” e  desfazer fusões e compras.

Revista Abranet 26 . nov-dez 2018 / jan 2019
Veja a Revista Abranet nº 26 Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G