INTERNET

Europa discute reforma fiscal para tributar lucros ou receitas da internet

Convergência Digital* ... 12/09/2017 ... Convergência Digital

Avança na Europa a discussão de uma reforma fiscal com objetivo de garantir aos diferentes países membros uma fatia dos lucros, ou das receitas, de empresas da internet como Google e Amazon. A Estônia, que ocupa a presidência rotativa da União Europeia, sugere mudanças que garantam aos diferentes estados uma fatia dos lucros, independentemente da sede fiscal dessas empresas.

Paralelamente, a França sugeriu a criação de um imposto sobre as receitas dessas companhias online, e não necessariamente sobre os lucros. Outros países do bloco, como Alemanha, Itália e Espanha, que por sinal já tentam individualmente dar maiores mordidas fiscais no setor, indicaram apoiar essa proposta. 

O que ambas têm em comum é a tentativa de evitar a concentração dos impostos em “paraísos fiscais” europeus, como Irlanda e Luxemburgo. E serão discutidas em reunião prevista para o próximo sábado, 16/9, em Tallinn, a capital estoniana, e que vai reunir os ministros de finanças da UE. 

“Nosso nível de ambição é muito maior”, afirmou à Reuters o subsecretário da Receita da Estônia, Dmitri Jegorov, ao alegar que a proposta francesa, que foca nas receitas, seria um paliativo. Segundo ele, o importante é garantir tributação de longo prazo de forma que as empresas recolham em todos os países onde tenham “significativa presença digital”. 

A Comissão Europeia, o braço executivo do bloco, comentou o debate de reforma fiscal. “Confiamos que esse momento pode ser aproveitado para avançarmos nos esforços de encontrar soluções para a tributação da economia digital, com o objetivo de que os lucros sejam taxados onde o valor for criado.”

* Da Reuters


Decolar.com é multada em R$ 7,5 milhões

Multa foi aplicada pelo pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC). Empreas é acusada de ter praticado diferenciação de preço de acomodações e negativa de oferta de vagas, quando existentes.

PMEs: mais de 50% usam Internet via cabo, com velocidades entre 1Mpbs a 10 Mpbs

Levantamento TICs Empresas 2017 mostra ainda que apenas 19% das PMEs vendem produtos via Internet no Brasil.

Proteste pede que Google e Facebook expliquem uso de dados no Brasil

Com a autorização do TSE para “impulsionamento” de conteúdo eleitoral, entidade cobra as condutas das redes para uso dos dados.

NIC.br ativa OpenCDN em Salvador

Cidade tem número expressivo de redes interligadas ao IX.br.  Em maio, tráfego nos IX bateu a marca de 5 terabits por segundo.

Comércio eletrônico no Brasil deixa de faturar R$ 407,2 mi com greve de caminhoneiros

Levantamento da Ebit diz que pouco mais de 860 mil pedidos deixaram de ser feitos pelos consumidores durante os 11 dias de paralisação dos caminhoneiros.

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G