Home - Convergência Digital

Blockchain Academy realiza curso sobre tecnologia, bitcoin e meios de pagamentos

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 12/09/2017

Nos dias 29 e 30 de setembro, acontecerá o primeiro curso sobre criptomoedas, blockchain e o futuro dos meios de pagamento do Brasil. A iniciativa é uma parceria entre a Blockchain Academy, rede colaborativa de educação voltada para a formação multidisciplinar em criptomoedas e blockchain, e o escritório de advocacia Schroeder & Valverde, que tem uma área especializada em meios de pagamento, fintechs e transações financeiras.

Na noite da sexta-feira, dia 29, Rosine Kadamani, co-fundadora da Blockchain Academy e pós-graduada em mercado financeiro, abordará as funcionalidades do bitcoin e todos os aspectos tecnológicos relacionados ao blockchain, como forma de equalizar o conhecimento dos alunos sobre este tema para a exposição do dia seguinte.

No sábado, Matheus Campanhã Cruz, advogado sênior do Schroeder & Valverde e especializado no mercado de pagamentos e fintechs, iniciará a exposição nivelando o conhecimento dos participantes sobre os diversos modelos atuais envolvendo meios de pagamentos, trazendo elementos históricos, descrevendo quem são os principais players do mercado, em termos técnicos e econômicos, e apresentará o arcabouço jurídico que vem parametrizando a expansão deste tipo de negócio no Brasil e no mundo. "Em constante evolução, os meios eletrônicos de pagamento estão invariavelmente ligados às novas tecnologias", explica o advogado.

Na sequência, Courtnay, sócio da Blockchain Academy, técnico especialista em tecnologias para o mercado financeiro e em futurismo trará mais elementos de contextualização dos efeitos exponenciais da evolução tecnológica, explicando como isto desemboca nas criptomoedas e plataformas blockchain. "As criptomoedas e plataformas blockchain impulsionam efeitos exponenciais na transformação dos negócios de meios de pagamento, que já estão sendo sentidos e prometem revolucionar o que já conhecemos", adianta Rosine.

Para finalizar o curso, serão apresentados os novos modelos de negócio que estão surgindo ou sendo mais impulsionados com base nesta arquitetura tecnológica e como as primeiras reações e expectativas sentidas no mercado e das autoridades. As vagas são limitadas para 30 alunos e já estão abertas, podendo ser feitas pelo site da Blockchain Academy. O encontro acontece no bairro da Bela Vista, em São Paulo/SP.

Serviço
Quando: 29 e 30 de setembro
Horários: das 18h30 às 22h30 e das 9h às 18h
Onde: Rua Frei Caneca, 558 - 23º andar
Investimento: R$ 1.650,00 - 1º lote para as 10 primeiras pessoas. Mais informações, clique aqui.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2018
Bradesco faz prova de conceito de blockchain com técnica avançada de criptografia

13/06/2018
Febraban prepara plataforma única para blockchain

12/06/2018
Bradesco: blockchain não é a solução para tudo, mas vai resolver vários problemas

11/06/2018
Plataforma Hyperledger é a preferida para Blockchain no Brasil

11/06/2018
Investimentos em Blockchain vão chegar a US$ 2 bilhões

11/06/2018
Banrisul, Banco do Brasil, Caixa Federal, SICOOB e Santander criam projeto conjunto de blockchain

07/06/2018
Grupo Bitcoin Banco vai às compras e incorpora a carioca Zater Capital

18/05/2018
Plataforma Hyperledger fica com mais de 80% do mercado nacional de blockchain

04/05/2018
Banco Central liquida o Banco Neon. Operação Fintech está proibida de abrir novas contas

03/05/2018
Locus Chain Foundation lança tecnologia blockchain de 4ª geração

Veja mais artigos
Veja mais artigos

eSocial desafia a rotina dos Recursos Humanos

Por Juliana Andrade*

Chegou a hora de as empresas tirarem proveito da robotização, especialmente, na análise de cadastros para observar se há ou não alguma informaçaõ que destoe da atualidade. O regime fiscal online exige a reparação dos dados.

Destaques
Destaques

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Juízes do Trabalho: Reforma trabalhista só vale depois da sua entrada em vigor

Decisão foi tomada por mais de 700 juízes e desembargadores. Para eles, a Lei 13.467/2017 só deve valer para processos e contratos iniciados após 11 de novembro de 2017, quando a legislação entrou em vigor.

Lei Trabalhista: TST decide que demissão só pode ser homologada no sindicato

Tema é controverso, mas o ministro Alexandre Agra Belmonte decidiu em setença que "se o empregado tiver mais de um ano de serviço, o pedido de demissão somente terá validade se assistido pelo seu sindicato".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site