Home - Convergência Digital

Smartphones respondem por seis em cada 10 conexões na América Latina

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 13/09/2017

Os smartphones representam seis em cada dez conexões móveis na América Latina, reporta o estudo "Mobile Trends Report" da GSMA, divulgado durante o Mobile World Congress America, nos Estados Unidos. O relatório destaca que foram ativadas 690 milhões de conexões móveis na América Latina no segundo trimestre e os smartphones representaram 60% dessas conexões. O novo relatório também destaca a migração acelerada da região para 4G, que agora representa quase um quarto das conexões. 

"Os smartphones representaram menos de uma em cada dez conexões em 2012, mas tiveram um crescimento extremamente forte ao longo dos últimos anos, o que ajudou a migrar os assinantes móveis latinoamericanos para redes 4G mais rápidas", disse Sebastian Cabello, diretor-geral da GSMA Latin America.

Esse crescimento, acrescenta o executivo, foi facilitado pelo declínio nos preços dos telefones inteligentes e pela crescente disponibilidade de subsídios de aparelhos e ofertas por parte das operadoras móveis. "Os smartphones têm sido fundamentais para estabelecer a América Latina como um dos maiores consumidores mundiais de redes sociais, sendo que a maior parte do uso pelas redes móveis", completa Cabello.

O levantamento também aponta que o 4G representa aproximadamente um quarto das conexões móveis na região, quase o dobro em relação ao ano anterior, devido à forte adoção 4G em grandes mercados, como Brasil, México e Argentina. No Brasil, 35% das conexões estão sendo executadas em redes 4G, uma das maiores taxas de adoção 4G na região da América Latina.

Para as operadoras móveis, o aumento da adoção de 4G e o maior consumo de dados móveis estão contribuindo para uma elevação nos níveis de ARPU após vários anos de declínio. A GSMA Intelligence, braço de pesquisa da GSMA, calcula que a receita do serviço móvel na América Latina crescerá 4% no atual trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior. O segundo relatório anual 'Global Mobile Trends' da GSMA está disponível para download em https://www.gsma.com/globalmobiletrends/.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/09/2017
Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

13/09/2017
Smartphones respondem por seis em cada 10 conexões na América Latina

22/08/2017
Vendas globais de smartphones cresceram 6,7% no segundo trimestre

28/07/2017
Vendas globais de PCs e smartphones cairão em 2017

24/07/2017
CRM e BPO se rendem ao smartphone

07/07/2017
Demanda por chips de memória faz lucro da Samsung disparar

03/07/2017
Samsung remanufatura smartphone que pegou fogo

28/06/2017
Smartphone supera computador para acesso de notícias no Brasil

23/06/2017
Uber ganha destaque na tela inicial dos smartphones dos brasileiros

06/06/2017
Venda de celulares cresce 25,4% no 1º tri e receita chega a R$ 13,3 bi

Destaques
Destaques

4G mostra força diante da expectativa pelo 5G

Na América Latina,o crescimento das conexões LTE foi expressivo e a participação da tecnologia deve chegar a 28% até dezembro, alcançando 198,6 milhões de conexões ativas. No mundo, foram 2,37 bilhões de assinaturas LTE, um impulso de 59% de junho de 2016 a junho de 2017.

Internet das Coisas: redes LPWA serão um mercado de US$ 1,8 trilhão

Projeção da GSMA é de que as teles móveis alcancem esta receita em 2026. As casas conectadas vão impulsionar o consumo mais do que os carros conectados. Estimativa é que 483 milhões das conexões ativas em 2022 serão em redes comerciais de baixa potencia e grande alcance (LPWA, na sigla em inglês).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Inteligência Artificial já faz parte da sua vida

Por Eduardo Prado*

Existem aplicações que já estão dando o que falar e a IA será cada vez mais onipresente, aponta o especialista e consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo para o Portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site