GESTÃO

Burguer King usa IoT para reduzir o tempo parado na cozinha

Por Roberta Prescott ... 14/09/2017 ... Convergência Digital

Como transformar tecnologia em ação estratégica tem sido o desafio do Burger King do Brasil. A companhia colocou sensores nos equipamentos da cozinha para que a manutenção ficasse mais precisa e conseguisse reduzir o tempo sem uso. Líder da área de TI no Brasil, Leonam Beretta, destacou, em apresentação no SAP Fórum, evento realizado esta semana em São Paulo, que um dos papeis da tecnologia é atuar como habilitadora de negócios digitais.

Ele contou que o Burger King começou a pensar no uso de internet das coisas em 2016 com objetivo de fazer análises preditivas. O próximo passo é usar a tecnologia para atrair o cliente. "Antes, o gerente de negócio precisava ligar quando dava problema, como, por exemplo, a câmara fria quebrou ou broiler está pegando fogo. A máquina aprende o comportamento do equipamento e chama o técnico", disse, apontando como benefícios a redução de desperdícios de alimentos, o monitoramento geográfico remoto, a prevenção de incêndios e o aumento a produtividade.

Em quatro semanas, foi desenvolvido um protótipo com o SAP Leonardo que traz visibilidade de toda operação de manutenção do Burger King para evitar a parada de lojas e corrigir eventuais falhas antes que elas aconteçam. Além dos sensores, a solução inclui gateway, plataforma de nuvem SAP Cloud Platform, aprendizado de máquina e dashboards.

Na jornada digital do Burger King, a TI está direcionada para prover um relacionamento multicanal e individualizado com os clientes, como foco em mobilidade e segmento para gerar relevância e diferenciação. A TI também precisa garantir a eficiência nos processos de negócio e gestão de ser com parceiros de confiança; uma arquitetura flexível e ágil que possa incorporar colaboração externa e que simplifique o desenvolvimento futuro; e uma infraestrutura robusta e escalável com flexibilidade e agilidade.

Para acompanhar as mudanças do mercado, a empresa desenhou um mapa que vai de conhecer o cliente por meio de ferramentas de CRM e big data analytics, passando por atrair o consumidor, como ofertas personalizadas e adoção de internet das coisas, a envolvimento, com tecnologia de previsão de comportamento humano, e interação, com adoção de quiosque e mobilidade para autoatendimento.

"Acreditamos que consumidor está mudando; tem a geração millennials, conectada pelos celulares, usuária de Facebook, preocupada com bem-estar e saúde e que estão no comando: o consumidor compra o que quer e quando quer", disse Iuri Miranda, CEO do Burger King do Brasil. No Brasil, o Burger King é uma franqueada máster que começou em 2011 e, atualmente, tem cerca de 600 restaurantes, servindo 650 mil clientes por dia. Em 2016, ultrapassou a linha dos 10 mil funcionários no País. O objetivo da rede é assumir a liderança do mercado de fast food no Brasil.


Carreira
BID oferece curso gratuito de capacitação em Economia Digital

As inscrições estão abertas e as aulas, por meio da plataforma digital edX , uma parceria entre a Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), começam em 6 de setembro.

Paraná reforça governança e se torna 2º estado mais exportador de TI

"A governança de TI independente de questão política. Ela é uma prioridade do Estado e é pensada para os próximos 30 anos", explica o coordenador da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Evandro Razzotto.

Informação é essencial para evitar a 'morte' de uma PME

O empreendedor precisa estar ciente do papel dos sistemas de informações para fazer o seu negócio fluir, adverte o Coordenador estadual do Programa de TI

eSocial Web tem nova funcionalidade para as empresas

Uma nova funcionalidade foi implementada no eSocial: a possibilidade de bloquear o ambiente web para edição, ou seja, não permitir a inclusão, alteração, retificação e exclusão de eventos.

Governo expande eSocial para empresas do Simples e MEI até novembro

Mas quem tiver ajustado os sistemas e quiser ingressar já no novo regime, poderá fazer a partir de segunda-feira, dia 16/07. Para as demais empresas privadas do país - que possuam faturamento anual inferior a R$ 78 milhões – o eSocial torna-se obrigatório a partir da próxima segunda-feira (16/7).

Receita Federal: Certificado Digital só é exigido no eSocial de quem já tinha essa obrigação

Por meio de nota oficial, o Fisco esclarece que o novo regime não cria nenhuma obrigação extra para o contribuinte.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G