SEGURANÇA

Equifax culpa software open source por maior vazamento de dados do mundo

Convergência Digital* ... 14/09/2017 ... Convergência Digital

A empresa de informações de crédito Equifax, em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 13/09, responsabilizou uma vulnerabilidade em um servidor online em seu software de código aberto, chamado Apache Struts, pelo vazamento de dados que comprometeu informações pessoais de cerca de 143 milhões de consumidores norte-americanos.

“Continuamos trabalhando com os agentes da lei como parte de nossa investigação criminal e compartilhamos indicadores de compromisso com o cumprimento da lei”, informou a Equifax. Especialistas em segurança cibernética disseram que o caso está entre os maiores ataques já registrados e é particularmente preocupante devido à riqueza das informações expostas - nomes, aniversários, endereços, além de números de seguridade social e carteiras de habilitação.

A Equifax informou ainda que está determinando, com a assistência de uma empresa independente de segurança cibernética, quais informações exatamente foram comprometidas durante a violação de dados. O presidente-executivo da Equifax, Richard Smith, deverá testemunhar diante de um painel na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos em 3 de outubro, depois que quase 40 Estados se juntaram a uma investigação sobre como a empresa lidou com o vazamento. O acesso irregular aos dados foi descoberto em 29 de julho, e a companhia, cuja sede fica na cidade de Atlanta, ressaltou que "agiu de imediato para parar a invasão".

*Com informações da Reuters e do portal G1


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

TSE fecha acordo de cooperação em TI com a Sociedade Brasileira de Computação

Acordo é abrangente e pode abordar tanto a segurança da urna eletrônica como questões internas de informática do Tribunal. 

Guerra cibernética passa a ter mesmo status de armas atômicas nos EUA

Comando Cibernético foi elevado em decisão anunciada por Donald Trump e com o propósito de "enfatizar o desenvolvimento de armas cibernéticas para impedir ataques, punir intrusos e enfrentar adversários".

STF autoriza extradição de hacker que teria fraudado US$ 4,85 milhões nos EUA

Tribunal deferiu pedido do governo dos Estados Unidos para extraditar Michael Knighten, que seria integrante de um grupo de criminosos cibernéticos autodenominado Techie Group.

Ransomware e malware: Entenda quais são as diferenças

Confira sete informações sobre ransomware que não são verdadeiras e podem tumultuar a gestão de segurança da informação..



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G