Home - Convergência Digital

Apps do CPqD facilitam uso de smartphones por idosos

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 18/09/2017

Desenvolvidos com recursos do FNDCT e da Finep, dois aplicativos para celulares Android foram disponibilizados gratuitamente pelo CPqD na internet. Segundo a instituição, são os primeiros resultados do projeto AVISA - Assistente Virtual para Inclusão Social e Autonomia, que tem como objetivo facilitar o uso de dispositivos móveis com tela sensível ao toque por idosos, pessoas com baixo letramento, cegas ou com grande dificuldade permanente de enxergar. 

Uma das novidades disponíveis é o ‘CPqD Facilita’, aplicação que tem como foco pessoas idosas ou com dificuldade em lidar com tecnologia. A outra é o CPqD Alcance+, nova versão do aplicativo destinado a pessoas com deficiências visuais, que já atingiu 34 mil downloads na loja do Google.

“A padronização da tela do smartphone, que passa a ser dividida em grandes áreas, com letras e ícones fáceis de enxergar, é um dos destaques do CPqD Facilita”, afirma Claudinei Martins, pesquisador do CPqD que está coordenando o projeto AVISA. 

Segundo ele, o aplicativo oferece ao usuário a possibilidade de configurar o tamanho das letras exibidas na tela, bem como de utilizar o recurso de síntese de fala para ouvir as funções e avisos (por exemplo, sobre carga da bateria, mensagens recebidas, disponibilidade de rede sem fio, etc.). 

“O CPqD Facilita ‘fala’ a função, na medida em que o usuário desliza seu dedo sobre a tela”, explica Martins. Esse recurso também pode ser utilizado para, se o usuário preferir, ouvir diversos conteúdos - como e-mails, notícias, previsão do tempo, entre outros. Outra facilidade está na navegação pelas páginas no menu, na qual basta deslizar o dedo da esquerda para a direita da tela (ou vice-versa), como se estivesse folheando um livro.

O aplicativo CPqD Alcance+ é uma atualização tecnológica do app lançado em 2013, com foco em pessoas cegas ou com grande dificuldade permanente de enxergar. Destinada a smartphones equipados com sistema operacional Android 5.0 (ou superior), a nova versão tem como principal destaque o recurso de envio e recebimento de e-mails com leitura do conteúdo por meio de síntese de fala. Além disso, agora o usuário pode escolher o tipo de voz para ouvir suas mensagens e informações: masculina ou feminina.

Para quem tem smartphones com versões mais antigas do Android, o CPqD Alcance continua disponível para download na Play Store. Todos os aplicativos do CPqD podem ser baixados gratuitamente na loja do Google.

O projeto AVISA conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) da FINEP e está sendo desenvolvido em parceria com o Centro de Prevenção à Cegueira (CPC) de Americana, no interior de São Paulo. Desde junho, um grupo de voluntários do CPC - entre idosos, pessoas com deficiências visuais e com baixo letramento - participa do teste piloto do projeto, que tem término previsto para o início de 2019. Ao todo, serão 26 meses de duração, durante os quais serão publicadas novas versões dos aplicativos, com diversos outros recursos, como reconhecimento de comandos de voz e um assistente virtual.

* Com informações do CPqD

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/10/2017
Uber leva abaixo-assinado com 815 mil assinaturas ao Senado

09/10/2017
Governo usa aplicativo para tramitação de documentos

28/09/2017
Banco Inter usa app para alcançar 1 milhão de usuários

26/09/2017
Governo de SP lança edital para contratar app de transporte

26/09/2017
Senado muda texto da Câmara e tem novo projeto para Uber e similares

18/09/2017
Idec pede política de privacidade em aplicativos do Pão de Açúcar

18/09/2017
Apps do CPqD facilitam uso de smartphones por idosos

13/09/2017
Apps móveis de São Paulo têm mais de 9 milhões de downloads

13/09/2017
Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

12/09/2017
Câmara prorroga inscrições para desafio de apps móveis

Destaques
Destaques

4G mostra força diante da expectativa pelo 5G

Na América Latina,o crescimento das conexões LTE foi expressivo e a participação da tecnologia deve chegar a 28% até dezembro, alcançando 198,6 milhões de conexões ativas. No mundo, foram 2,37 bilhões de assinaturas LTE, um impulso de 59% de junho de 2016 a junho de 2017.

Classes C, D e E endossam o uso da banda larga móvel no Brasil

A pesquisa TIC Domicílios mostra que nas classes de menor poder econômico o acesso à Internet está acontecendo de forma exclusiva pelo celular. Nas classes A e B há uma divisão entre celulares e PCs.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Inteligência Artificial já faz parte da sua vida

Por Eduardo Prado*

Existem aplicações que já estão dando o que falar e a IA será cada vez mais onipresente, aponta o especialista e consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo para o Portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site