INCLUSÃO DIGITAL

Brasil precisa investir R$ 200 bi para expandir a banda larga

Por Roberta Prescott ... 22/09/2017 ... Convergência Digital

O Brasil precisa investir aproximadamente R$ 200 bilhões para atingir a penetração de banda larga de 90% em dez anos. O montante inclui investimentos tanto da iniciativa privada como do governo, este último essencial para criar políticas de incentivo para levar a internet para as áreas remotas e pouco ou nada atraentes para os provedores de serviço de telecomunicações, conforme explicou Marcos Aguiar, diretor do BCG, em palestra durante o Painel TeleBrasil, que ocorre nesta semana em Brasília.

O especialista deixou claro que os subsídios são essenciais para viabilizar a oferta de internet banda larga nas regiões mais remotas. "Investimentos históricos da indústria precisam ser incrementados em 38% para democratização da banda larga. Os R$ 15 bilhões investidos pelas operadoras não são suficientes para a expansão desejada", sinalizou.

Ainda de acordo com Aguiar, a viabilização dos investimentos e o aumento da penetração da banda larga passam por dez princípios regulatórios, incluindo o compartilhamento de infraestrutura, o valor percebido pelos usuários e empresas e a garantia de competição. "É preciso reconhecer que há regiões em que há baixa atratividade e não tem espaço para nenhum player e conseguirão assegurar [a banda larga] por meio de subsídios. As melhores práticas mundiais para aumentar o dinamismo e a atratividade do setor apontam para financiar áreas que não são atraentes."

O diretor do BCG criticou, mais uma vez, a alta carga tributária do setor e a baixa rentabilidade da indústria, cujo retorno ficou em 4% em 2016, abaixo do que investidores podem obter em outros investimentos. Assistam a apresentação do diretor da BCG, Marcos Aguiar.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Segundo a vice presidente da empresa, Lisa Scapone, a demanda existe e pode ser medida pelo Gesac, mas operação comercial no Brasil depende dos ajustes no contrato para uso do satélite nacional.

PC fica cada vez mais distante da população mais pobre no Brasil

Dados do IBGE revelam que os mais pobres do País trocaram os PCs pelos celulares e tablets. A proporção da população com acesso à internet no domicílio passou de 67,9% em 2016 para 74,8% em 2017.

Parceira da Telebras amplia WiFi via satélite no México para áreas urbanas

Dois anos depois de começar a explorar banda larga satelital em áreas remotas do país, como promete fazer no Brasil, a empresa americana Viasat anuncia conexões de 100 Mbps e preços para competir com internet fixa.

Para TCU, políticas desconexas desperdiçam dinheiro com inclusão digital

Ao citar a política de Banda Larga, Tribunal observa que a falta de coordenação gera redundância, falta de isonomia e obstáculos à oferta de serviços.

CPFL: É preciso predisposição para se ter um consenso no uso dos postes

"Não é fácil, mas é preciso existir um alinhamento. Estão todos do mesmo lado", diz o diretor da CPFL, André Luiz Gomes.

Swap de fibras é mandatório para levar banda larga em regiões desassistidas

Compartilhamento de infraestrutura é essencial para reduzir custos e definir modelos de negócios nas cidades onde as teles não investiram, observa o CEO da UmTelecom, Rui Gomes.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G