Convergência Digital


Punição à Lei de Informática cristaliza a falência do governo na sua matriz de impostos

Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 25/09/2017

O presidente da FENAINFO - Federação Nacional das Empresas de Informática, Edgard Serrano, afirmou em seminário sobre a Lei de Informática, realizado nesta segunda-feira, 25/09, que a condenação da legislação pela Organização Mundial do Comércio cristaliza um grave problema da matriz de impostos no Brasil.

"Há uma tributação absurda no consumo. A indústria nacional fica à mercê do que vem de fora, até porque esses produtos chegam mais baratos. A indústria 4.0 tem a tecnologia como pilar e o Brasil não consegue nem registrar patentes. Está tudo muito equivocado", afirmou. No seminário, Serrano deixou claro que as empresas de software e serviços precisam ser contempladas na Lei de Informática.

"A legislação trouxe muitos benefícios, mas é para o hardware, quando o mundo hoje é software. Tem que adequar e abrir espaço para as médias e pequenas empresas do lucro presumido", acrescentou. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Edgar Serrano, demonstrou preocupação com a mudança da reforma tributária. "Se não nos mostram a alíquota que está vindo é para pensarmos que ela virá mais alta". Assistam a entrevista.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Rio Info 2017 - clique aqui e confira a cobertura completa.

Cortar dinheiro de P&D e Inovação é a falência do Brasil

O desinvestimento em Ciência, Tecnologia e Inovação terá consequência irrecuperável para o futuro do País, afirmam Sergio Paulo Gallindo, da Brasscom, Edgar Serrano, da Fenainfo, Benito Paret, do TI Rio, Rubén Delgado, da Softex e o deputado e ex-ministro, Celso Pansera.

leia mais
Juventude do Rio de Janeiro embarca na era da TI

A 15ª do Rio Info teve como característica demarcar o espaço do Rio de Janeiro no cenário nacional de TI. Geração de negócios projetada é da ordem de R$ 10,7 milhões. 16ª edição será em setembro de 2018.

leia mais
Cientista de dados: profissão exige mente aberta e coração no trabalho

Para professor da PUC/Rio, qualquer especialista pode atuar como cientista de dados. "Basta falar a língua dos dados".

leia mais
Mundo 3.0 é a virada da qualidade sobre a quantidade

Para historiador Carlos Nepomuceno, a reputação digital é o desafio maior dessa nova era da tecnologia.

leia mais
Rio de Janeiro: enfrentar a crise passa pelo maior uso da TI

O Rio de Janeiro possui ativos intelectuais e físicos muito interessantes para fazer negócios, observa Renato Regazzi, gerente da área de Grandes Empreendimentos do Sebrae/Rio de Janeiro.

leia mais

Editora Convergência Digital
Copyright © 2005-2017 Editora Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site