Convergência Digital


Lei de Informática: Brasil industrial precisa estar pronto para a Internet das Coisas

Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 26/09/2017

O Brasil precisa tomar uma decisão estratégica e definir se quer continuar sendo um país industrial, especialmente, diante do potencial de oportunidades que estão vindo com a Internet das Coisas, adverte o presidente executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo. O executivo, que participou de Seminário sobre Lei de Informática, no Rio Info 2017, observa que dos 850 mil trabalhadores de TICs, apenas 100 mil estão na planta fabril.

"Esse número é baixo e precisamos aumenta-lo para ganhar maior produtividade global", observa Gallindo. Segundo ainda o presidente executivo da Brasscom, a Lei de Informática foi uma política pública que gerou efeitos positivos para o Brasil, principalmente, porque fomentou a criação de vários ecossistemas de pesquisa e desenvolvimento.

A revisão da legislação - imposta pela condenação da Organização Mundial do Comércio - precisa levar em conta a segurança jurídica de quem já investiu no País. "O Brasil não pode apagar a luz e esquecer que esses investimentos aconteceram". Assistam a entrevista com o presidente-executivo da Brasscom.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Rio Info 2017 - clique aqui e confira a cobertura completa.

Cortar dinheiro de P&D e Inovação é a falência do Brasil

O desinvestimento em Ciência, Tecnologia e Inovação terá consequência irrecuperável para o futuro do País, afirmam Sergio Paulo Gallindo, da Brasscom, Edgar Serrano, da Fenainfo, Benito Paret, do TI Rio, Rubén Delgado, da Softex e o deputado e ex-ministro, Celso Pansera.

leia mais
Juventude do Rio de Janeiro embarca na era da TI

A 15ª do Rio Info teve como característica demarcar o espaço do Rio de Janeiro no cenário nacional de TI. Geração de negócios projetada é da ordem de R$ 10,7 milhões. 16ª edição será em setembro de 2018.

leia mais
Cientista de dados: profissão exige mente aberta e coração no trabalho

Para professor da PUC/Rio, qualquer especialista pode atuar como cientista de dados. "Basta falar a língua dos dados".

leia mais
Mundo 3.0 é a virada da qualidade sobre a quantidade

Para historiador Carlos Nepomuceno, a reputação digital é o desafio maior dessa nova era da tecnologia.

leia mais
Rio de Janeiro: enfrentar a crise passa pelo maior uso da TI

O Rio de Janeiro possui ativos intelectuais e físicos muito interessantes para fazer negócios, observa Renato Regazzi, gerente da área de Grandes Empreendimentos do Sebrae/Rio de Janeiro.

leia mais

Editora Convergência Digital
Copyright © 2005-2017 Editora Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site