GOVERNO » Legislação

Justiça atende 77% dos processos que pedem acesso à informações

Luís Osvaldo Grossmann ... 29/09/2017 ... Convergência Digital

Um levantamento da Artigo 19, ONG de defesa de direitos à informação e comunicação, com base em processos em cinco tribunais brasileiros, identificou que o Judiciário atendeu nos últimos anos 77% dos pleitos em processos relacionados à Lei de Acesso à Informação. 

“Se por um lado o poder Judiciário é o mais opaco dos Poderes quando se trata da adequação de seus próprios órgaõs à Lei de Acesso à Informação, por outro tem se mostrado sensível à importância da LAI ao analisar os casos judicializados envolvendo o acesso à informação. Isso se refletiu em uma maioria de decisões favoráveis ao acesso à informação nos tribunais analisados – 77% dos casos tiveram desfecho favorável”, conclui o estudo. 

No levantamento foram identificadas 250 ações que tramitaram no Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Tribunal de Justiça de São Paulo, Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Tribunal Regional Federal da 3ª Região (SP e MS). Foram pesquisados julgados desde a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação, em 16 de maio de 2012 até 22 de fevereiro de 2017, data em que foi feita a seleção dos processos. 

O relatório da Artigo 19 destaca ainda que “mesmo em alguns casos em que a decisão foi desfavorável, ministros e desembargadores salientaram a importância da Lei de Acesso à Informação para a efetivação da democracia no país. As cortes superiores em especial destacaram o papel deste importante instrumento para a mudança do paradigma de sigilo que permeia poder público brasileiro em todas as instâncias”.

O documento pontua, no entanto, que à despeito da importância do conceito em si, “o interesse público não esteve tão presente nas discussões judiciais quanto poderia”, especialmente no caso das decisões consideradas desfavoráveis, nas quais “pôde-se observar uma maior relação com a ausência de debate quanto ao interesse público no caso concreto”.


Serpro repudia acusação de venda de dados pessoais

Estatal diz nunca ter repassado conteúdo ao site 'Consulta Pública', 'congelado' por uma ação do MPF do Distrito Federal. Sustenta ainda que não vende 'secretamente' dados de pessoas naturais ou jurídicas.

Apps de e-gov não pedem consentimento e coletam mais dados do que precisam

Segundo estudo do InternetLab com aplicativos federais e de São Paulo, nenhum dos aplicativos pede consentimento expresso e metade não possui qualquer política de privacidade.

Anac autoriza Secretaria de Patrimônio da União usar drones para fiscalização

Licitação para a compra de equipamentos pelo governo deverá acontecer a partir do final de maio. Drones vão ser usados para fiscalizar uso irregular de áreas de praia, margens de rios, terrenos de marinha e espelhos d'água, dentre outros bens públicos de propriedade da União.

CDES quer prioridade para proteção de dados e transformação digital

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) recomendou ao governo que garanta dotação orçamentária adequada e mecanismos de acompanhamento da digitalização do setor público.

Serpro estuda redução de jornada para cobrir eventual reoneração da folha

Informação veio através de comunicado da diretoria da empresa no Rio de Janeiro, que alega que a folha de pagamentos já alcança 70% da receita líquida e não teria como voltar a assumir um aumento de 20% na tributação pela folha.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G