Convergência Digital - Home

Oi escolhe fornecedor para big data em tempo real

Convergência Digital
Convergência Digital* - 09/10/2017

A Ericsson venceu a licitação da Oi para o fornecimento de solução estratégica para o Gerenciamento da Experiência dos Clientes de seus clientes (CEM – Customer Experience Management) em todo o Brasil. O Ericsson Expert Analytics é uma solução de análise de big data em tempo real, de ponta a ponta, com aplicações exclusivas que atendem às necessidades de diversas áreas da companhia, desde engenharia, operações e atendimento ao cliente até gerenciamento de produtos e marketing, com foco em oferecer a melhor experiência aos clientes.

Os insights são direcionados diretamente aos desktops dos principais grupos internos, incluindo o centro de operações de serviço, atendimento ao cliente e marketing. À medida que as operadoras procuram impulsionar seus Net Promoter Scores, a solução da Ericsson oferece uma visão em tempo real de como está a mensuração da experiência do cliente em qualquer momento, oferecendo oportunidades para fazer mudanças rápidas com impactos positivos e fechar a lacuna entre KPIs técnicos e NPS.

"Compreender o comportamento do cliente em um país tão grande como o Brasil é o primeiro passo para aprimorar a sua experiência. Abordar a experiência real do cliente envolve aspectos multifuncionais, e por isso fechamos com a Ericsson para ferramentas de big data e análise de dados visando darmos em conjunto este próximo passo na estratégia de oferecer a melhor jornada aos nossos clientes", afirma o diretor de Desenvolvimento de Infraestrutura Tecnológica da Oi, Luiz Augusto Lopes.

O presidente da Ericsson Brasil, Eduardo Ricotta, destaca que a seleção foi rigorosa entre os fabricantes e comemora a vitória. "Estamos juntos com a Oi entendendo seus clientes e implementando suas necessidades digitais", afirma. Os valores do contrato firmado entre as partes não foram revelados.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Destaques
Destaques

Dataprev e Serpro vão prestar serviço pela nuvem pública

Objetivo é atender de forma unificada demandas distintas dos órgãos públicos. Empresas vão integrar orquestradores e planejam contratar serviços da Amazon, Google e Azure.

Mercado de computação em nuvem foi de R$ 2,25 bilhões no Brasil

Estudo da ABES mostra que o segmento registrou uma expansão de 47,4% em 2016, tendo como base os dois principais serviços - Software como Serviço (SaaS) e PaaS (plataforma como Serviço). O segmento de análise de dados faturou US$ 809 milhões



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Empresas de TI ou organizações dependentes dela?

Por Paulo de Godoy*

Considerada parte do ‘guarda-chuva’ da Inteligência Artificial, a Machine Learning vem crescendo e ganhando força à medida que o volume de dados explode.

Criando uma arquitetura analítica para o futuro

Por Stephen Rigo*

O custo de não ter a arquitetura analítica adequada é alto, já que esse fator pode gerar problemas de incompatibilidade, governança, segurança, falta de acordos de nível de serviço, escalabilidade e problemas de extensibilidade.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site