TELECOM

Recuperação judicial: Oi mantém proposta de parcelar dívida com Anatel em até 20 anos

Ana Paula Lobo* ... 12/10/2017 ... Convergência Digital

A Oi entregou o seu plano de recuperação judicial à Justiça do Rio de Janeiro, propondo limite de 25% à conversão de dívida em ações, bem abaixo do pretendido por detentores de títulos da companhia. O plano havia sido aprovado na semana passada pelo Conselho de Administração da companhia e prevê aportes de pelo menos 9 bilhões de reais na companhia. A proposta deverá ser analisada por milhares de credores reunidos em assembleia marcada para 23 de outubro, com uma segunda convocação prevista para 27 de novembro. Se não houver aprovação, a falência da empresa poderá ser decretada.

O processo de recuperação judicial da Oi, iniciado em junho de 2016, é o maior da história do país. A empresa, que foi eleita pelos governos petistas como uma “campeã nacional” e tentou uma fracassada fusão com a Portugal Telecom, listou dívidas de mais de 65 bilhões de reais e cerca de 55 mil credores. Dos 9 bilhões de reais da capitalização, cerca de 6 bilhões equivalem a dinheiro novo, sendo 3,5 bilhões de reais por parte dos detentores de títulos de dívida da Oi e 2,5 bilhões dos atuais acionistas. Os 3 bilhões de reais restantes poderão vir de conversão de debêntures em ações, segundo o plano.

O limite da conversão das debêntures é de 15 (até 119 milhões de ações) a 25 por cento (até 225 milhões de papéis), dependendo da opção de juros e do prazo a serem adotados pelos principais detentores de bônus da empresa. No início deste mês estes credores manifestaram interesse de troca de 26 bilhões de reais em dívidas da Oi por 88 por cento do capital da operadora.

No caso da opção que prevê conversão de 15%, a taxa de juros é de 10% e o prazo é de zero a 12 meses, na alternativa de 25%, os juros propostos são de 6%, com a troca efetiva ocorrendo após 24 meses, segundo o plano. O plano apresentado no início do ano previa 3,9 bilhões de reais em bônus conversíveis a partir do 36º mês, com a troca sendo equivalente a 17 por cento do capital, e juros de 6 por cento ao ano.

Além disso, o novo plano prevê dividendos a serem distribuídos apenas após seis anos, e após isso caso o índice de dívida líquida sobre Ebitda seja inferior a 2 vezes e enquanto houver créditos remanescentes da reestruturação. Anteriormente, a proposta previa distribuição de dividendos apenas caso a alavancagem ficasse abaixo de 2,5 vezes.

A Oi reafirmou que o aumento de capital permitirá à empresa elevar investimentos de 5 bilhões para 7 bilhões de reais por ano nos próximos três anos. Isso permitiria à empresa competir em melhores condições com grupos internacionais como Telefónica, América Móvil e Telecom Italia, que operam no Brasil por meio das marcas Vivo, Claro e TIM.

O plano protocolado na Justiça prevê a negociação da dívida de mais de 10 bilhões e reais devida à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por meio de dois caminhos: negociação de acordos (TACs) para conversão de multas em investimentos e parcelamento em até 20 anos, com correção pelo IPCA, com entrada de 20%, deduzido de depósitos judiciais.

*Com agências de notícias


Internet Móvel 3G 4G
Algar Telecom é a primeira tele a lançar plano com dados ilimitados

O custo do plano é de R$ 99,00 por mês e exige, em contrapartida, uma fidelidade de 12 meses. O consumo dos dados pode acontecer dentro ou fora da área de cobertura da operadora.

Teles: bloqueio após o fim da franquia não afronta o Marco Civil da Internet

Em nota oficial, o SindiTelebrasil diz que a "A PROTESTE insiste em querer fazer prevalecer a sua interpretação equivocada sobre a legislação aplicável à Internet".

Oi desembolsa R$ 51 milhões para pagar cerca de 500 credores

Operadora pagou as credores que fizeram a escolha da opção de pagamento em fevereiro. "Este é mais um passo no cumprimento da recuperação judicial", afirma o presidente da companhia, Eurico Teles.

Fox obtém vitória na Justiça do Uruguai e tenta replicar no Brasil decisão contra pirataria

Segundo um relatório da NetNames, de 222 milhões de usuários da internet na América do Sul, 110 milhões acessam conteúdos piratas.

Anatel impõe ligação gratuita à Oi em orelhões em 12 estados

Anatel já adota a medida há seis anos, quando verificou que aproximadamente metade dos orelhões do país não funcionava.

Preterida pelas teles, faixa de 450 MHz está na mira do setor elétrico

Elétricas e Anatel discutem destinação desta e outras faixas em caráter primário para as empresas de utilities. “Precisamos de 10 MHz. E pelo menos seis fornecedores no Brasil têm equipamentos em 450 MHz e outras faixas”, diz Ronaldo Santarem, da UTC AL.

Celular já virou a primeira tela do consumidor na América Latina

Segundo estudo global da Ooyala, da Telstra, a proporção de vídeos assistidos em dispositivos móveis chegou a 60%, com larga preferência pelos smartphones, principalmente na região.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G