Home - Convergência Digital

Aumento de 44% nos ataques aos smartphones no Brasil

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 19/10/2017

Entre o segundo e o terceiro trimestre de 2017, o Brasil registrou um aumento de 44% no número de ataques digitais, segundo relatório do DFNDR Lab, grupo de análise de cibercrimes que criado pela startup brasileira de aplicativos de segurança PSafe. 

Diz o DFNDER Lab em seu primeiro relatório, com dados de julho a setembro deste ano, que o número de cibercrimes efetuados via malware cresceu 49%, de 3,74 milhões para 5,58 milhões. Ataques via links maliciosos cresceram 44%, de 45,72 milhões para 65,78 milhões. Os números foram coletados a partir de 21 milhões de celulares com sistema Android onde estão instalados apps de segurança DNFDR.

“Links maliciosos já são 12 vezes mais usados em ataques no Brasil. A previsão do DFNDR Lab é que esse índice cresça 70% nos últimos três meses do ano, atingindo 112 milhões”, diz o relatório. A avaliação é de que hackers apostam em golpes que podem ser facilmente compartilhados nas redes sociais para ganharem escala com velocidade. 

Publicidade enganosa (Bad Ads), que representou 35% de todos os ataques, e golpes compartilhados via aplicativos de mensagens (830% de crescimento) foram destaques. Dentre os cibercrimes via malware, os mais comuns foram simulações de apps existentes que, após download, cadastram o usuário em serviços pagos de SMS (3,5 milhões de ocorrências) e cópias de aplicativos reais que, após instaladas, realizam a exibição ilegal de anúncios (1,4 milhões de ataques).

Chamado ‘Relatório de Segurança Digital no Brasil’, o anota uma tendência nova, perfis falsos no Facebook que se passam por grandes empresas varejistas. “Nesta armadilha, ao clicar em falsas ofertas publicadas por esses perfis, o usuário é enviado a um site que imita os oficiais das companhias e, dessa forma, fornece seus dados bancários e pessoais acreditando que está adquirindo um produto, quando na verdade está apenas disponibilizando suas informações para cibercrimonosos”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/12/2018
PF faz operação contra fraude de R$ 30 milhões em sistemas bancários

05/12/2018
Software pirata provoca surto de mais de 5 milhões de ataques de criptomineração

03/12/2018
Para MP, mega vazamento de dados do Mariott coloca em risco pessoas e países

30/11/2018
Hackers roubam dados de 500 milhões de hóspedes da rede Marriott

27/11/2018
Brasil é 2º país com mais ameaças por email

09/11/2018
EUA voltam a acusar China de espionagem cibernética

08/11/2018
Empresa vai pagar até R$ 100 mil para hackers acharem falhas na plataforma

19/10/2018
Roubo de dados e DDoS se amplificam e vão dar muita dor de cabeça às empresas

11/10/2018
Prefeituras e Ministério da Justiça avaliam plataforma chinesa que alia IA à segurança pública

09/10/2018
Vazamento de dados: mais de 4,5 bilhões de registros foram violados no 1º semestre

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site