SEGURANÇA

Bad Rabbit se propaga por instalação fake do Flash Player da Adobe

Convergência Digital* ... 25/10/2017 ... Convergência Digital

A análise inicial da Trend Micro, especializada em segurança, mostra que o Bad Rabbit - ransomware que está criando estragos em países da Europa Oriental, em especial na Rússia e na Ucrânia - se espalha através de ataques do tipo “watering hole” que levam a um falso instalador de Flash denominado "install_flash_player.exe".

Os sites comprometidos são injetados com um script que contém uma URL que direciona ao endereço hxxp: // 1dnscontrol [.] Com / flash_install, (inacessível até o momento da publicação deste comunicado). A Trend Micro observou também que alguns sites foram comprometidos na Dinamarca, Irlanda, Turquia e Rússia, que levavam ao falso instalador do Flash. Uma vez que o instalador falso é clicado, ele solta o arquivo criptografado infpub.dat usando o processo rundll32.exe, juntamente com o arquivo criptografado dispci.exe.

Em sua rotina, explicam os analistas da Trend Micro, o Bad Rabbit usa um trio de arquivos que trazem referência a série Game of Thrones, começando com rhaegal.job, responsável por executar o arquivo criptografo, bem como um segundo arquivo de trabalho, drogon.job, que é responsável para desligar a máquina da vítima. Em seguida, o ransomware irá então criptografar os arquivos no sistema e exigirá resgate dos donos das máquinas sequestradas.
 
O Bad Rabbit se espalha para outras máquinas, fazendo cópias de si mesmo na rede, usando o nome original e executando as cópias em por meio do Windows Management Instrumentation (WMI) e o Service Control Manager. Quando o protocolo remoto do Service Control Manager é usado, ele usa ataques de dicionário para as credenciais.

Em relação às ferramentas que o Bad Rabbit incorpora, o utilitário de código aberto Mimikatz, é usado para a extração de credenciais. A Trend Micro também encontrou evidências desse dado usando o DiskCryptor, uma legítima ferramenta de criptografia de disco, para criptografar os alvos de destino. É importante notar, sustentam os analistas da Trend Micro, que o Bad Rabbit não explora quaisquer vulnerabilidades, ao contrário de Petya que usou EternalBlue e a vulnerabilidade do Windows como parte de sua rotina.


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

Novo golpe do boleto já distribuiu quase 300 mil e-mails no Brasil

Malspam (spam malicioso) foi criado especialmente para vítimas brasileiras, revela a Unit 42. Os boletos falsos são para roubar dados, senhas e nomes de usuários.

Tokelau, com 1,5 mil habitantes, é o domínio mais usado para golpes

Código de país da ilha polinésia, ‘.tk’, é largamente utilizado para golpes na rede, segundo pesquisa global sobre phishing.

Golpe do 14º salário no WhatsApp atinge 770 mil brasileiros

Os golpistas pedem para o usuário conferir se tem direito a um dinheiro extra.

Brasil sofre 55% dos ataques de ransomware na América Latina

Segundo números divulgados pela Kaspersky Lab, esse tipo de ameaça registrou aumento de 30% entre 2016 e 2017.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G