SEGURANÇA

Ucrânia diz que Bad Rabbit foi criado por conhecido grupo de hackers

Convergência Digital* ... 31/10/2017 ... Convergência Digital

Hackers responsáveis pelo ransomware NotPetya, que começou a se disseminar pela Ucrânia em junho e em seguida ao resto do mundo, parecem ser os criadores pelo malware batizado Bad Rabbit, que há uma semana afetou mais de 200 empresas na própria Ucrânia, na Rússia e ainda em outros países como Turquia e Alemanha. A informação é da presidência da Ucrânia. 

“O que começamos a observar é que há uma forte crença que o NotPetya e o BadRabbit foram escritos pelo mesmo grupo, devido ao tipo de código e a abordagem utilizada. BadRabbit, Petya e WannaCry são todos da mesma família para testar, perturbar e analisar como a comunidade de cibersegurança reage”, afirmou o chefe substituto da administração presidencial ucraniana Dmytro Shymkiv. 

Segundo as informações, o NotPetya, que mirou especialmente a Ucrânia em ataques realizados em junho deste ano, foi desenvolvido por um grupo conhecido como Black Energy. Segundo Shymkiv, seria mais fácil mitigar os dados causados pelo BadRabbit se as organizações afetadas seguissem recomendações básicas de como lidar com malware, a começar por não clicar em mensagens suspeitas. 

* Com informações da Reuters


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
No combate aos crimes, a fusão do ciber e do real

A integração Cibernética (virtual) e Física é essencial para vincular atividades criminais aos suspeitos reais no mundo físico (real). A Tecnologia é meio dessa união.

Guerra cibernética: Reino Unido acusa a Rússia de usar hackers para desestabilizar o mundo

Tendo como base trabalhos do Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC), o Reino Unido acusa a Rússia e a sua inteligência militar de estarem por trás dos ataques BadRabbit e à Agência Mundial Antidoping de 2016.

Facebook vive pesadelo e admite violação que afetou 50 milhões de contas

2018 não está sendo nada fácil para a rede social. Nesta sexta-feira, o Facebook admitiu uma violação de segurança que afetou cerca de 50 milhões de contas de usuários. Hoje a rede social conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês.

Com uso de robôs, fraudes pelo celular crescem 24% no primeiro semestre

Foram pelo menos 361 milhões de ataques entre janeiro e junho, 150 milhões deles contra dispositivos móveis. Uso de bots cresceu 60%.

Governos pressionam por uso de backdoors para quebrar criptografia

Denúncia está em relatório preparado para o Conselho de Direitos Humanos da ONU. O levantamento sustenta que muitos governos negligenciam o dever de proteger a criptografia online e há pressão para que se abra às autoridades policiais acesso a mensagens criptografadas ou dispositivos protegidos.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G