Home - Convergência Digital

Senado;disputa Uber, Cabify e 99 x Taxis volta à Câmara

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 31/10/2017

O Plenário do Senado aprovou por 46 votos a favor, 10 contrários e uma abstenção, o Projeto de Lei da Câmara 28/2017, que regulamenta o funcionamento de aplicativos de transporte. Aprovado com emendas, o texto volta para a análise dos deputados.

Em Plenário, o projeto foi relatado pelo senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), que acatou parte das emendas apresentadas pelos senadores - no total foram 20 emendas apresentadas, mas apenas três foram aprovadas.

dAs principais mudanças foram a retirada o texto da exigência de placa vermelha no transporte por aplicativo e da obrigação de os motoristas do aplicativo serem donos do automóvel usado no transporte.

Também foi aprovada emenda que atribui ao município apenas a competência para fiscalizar o serviço dos aplicativos. A prefeitura não terá o papel de autorizar o exercício da atividade como estava previsto no texto original da Câmara.

"O aplicativo será obrigado a mandar para a prefeitura a sua base de dados, o seu cadastro. A prefeitura vai ter acesso a quantos são os motoristas do Uber, onde estão e quem são. Se houver alguma dúvida do poder público em relação a algum ponto, ele entra em contato com o Uber e decide se a pessoa sai do serviço ou continua" explicou o relator.

Com essa alteração, caiu o ponto principal do PLC 28/2017, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que estabelecia que empresas como o Uber são prestadoras de serviço público, dependentes de regulamentação, e que os motoristas precisariam de permissão para trabalhar.  Pelo texto, cada município (e o governo do Distrito Federal) cobrariam os devidos impostos.

O texto ainda prevê que os motoristas devem possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B (automóvel, caminhonete, utilitário) ou superior; inscrição como contribuinte individual no INSS; e contratação de seguros de Acidentes Pessoais a Passageiros (APP) e Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

*Com informações da Agência Senado



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/09/2018
Kotlin: a linguagem de programação que conquistou os apps

03/09/2018
Uber pode dispensar motorista que não atende políticas da empresa

29/08/2018
Oitenta e nove dos 100 apps mais populares do Android ferem a privacidade

27/08/2018
TRT-SP decide que motorista tem vínculo com Uber

17/08/2018
Receita Federal libera o aplicativo e-Processo

09/08/2018
Publicidade em aplicativos gira R$ 12 bilhões por ano no Brasil

06/08/2018
iFood, do Movile, compra parte do rival Pedidos Já

01/08/2018
Anatel lança aplicativo que compara preços de telefonia, TV paga e internet

26/06/2018
Google Play não tem que pagar cliente que teve conta invadida

18/06/2018
Marcio Mattos assume comando da empresa nacional M2M Solutions

Destaques
Destaques

4G: Belo Horizonte tem melhor cobertura, Porto Alegre maior velocidade

Estudo da OpenSignal indica que nas 14 maiores cidades brasileiras o sinal de LTE está disponível pelo menos 73% do tempo, acima dos 66% da média nacional.

América Latina restringe espectro e fica longe da meta da UIT

Até setembro, de acordo com a 5G Americas, foram concedidos, em média, na região, 363,8 MHz de espectro para a oferta de serviços móveis na América Latina.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site