TELECOM

Oi fecha 3º trimestre com R$ 7,73 bilhões no caixa

Ana Paula Lobo* ... 13/11/2017 ... Convergência Digital

A Oi teve lucro líquido de R$ 8 milhões no terceiro trimestre, revertendo resultado negativo de R$ 1,2 bilhão  no mesmo período do ano passado, informou a empresa em recuperação judicial em balanço financeiro divulgado nesta segunda-feira, 13/11. A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de R$ 1,6 bilhão, queda de 2,4 por cento sobre mesmo período de 2016.

A dívida líquida ao final de setembro somou R$ 44,1 bilhões, ante R$ 44,5 bilhões ao fim de junho. O caixa ficou em R$ 7,73 bilhões. No consolidado dos nove meses, apesar de ainda ter prejuízo (R$ 2,920 bilhões), conseguiu uma redução em 11%.

A Oi encerrou setembro com 62,931 milhões de unidades geradoras de receita (UGRs), uma queda de 7,3% no comparativo anual. Desses, 16,121 milhões eram residenciais (redução de 2,3%); 39,626 milhões de mobilidade pessoal (10,2% de queda); 6,543 milhões de B2B (redução de 1,4%); e 641 mil telefones públicos (queda de 0,4%).

Dos serviços fixos, a telefonia encerrou setembro com 9,465 milhões de UGRs, uma queda de 6,2%. A banda larga apresentou aumento de 0,8%, total de 5,207 milhões de UGRs. E a TV paga cresceu 16,2%, total de 1,449 milhão de UGRs. O ARPU residencial aumentou 5,3% e ficou em R$ 81,1. A velocidade média da banda larga da Oi ficou em 7,9 Mbps, aumento de 23% no comparativo anual. A participação de UGRs com velocidades a partir de 15 Mbps aumentou 11,1 p.p. e ficou 21,2% no período.

Já no serviço móvel a companhia observou queda de 12,1% na base pré-paga, total de 32,807 milhões de UGRs. No pós-pago, categoria na qual inclui também contas controle, "serviços móveis convergentes" e modems, a Oi avançou 0,3%, fechando setembro com 6,820 milhões de UGRs. No trimestre, a penetração de smartphones aumentou 12 p.p., sendo que a de aparelhos 4G aumentou 20 p.p. no período. O ARPU móvel ficou em R$ 16,1, aumento de 9,9%.

A receita de dados continuou a sua trajetória de crescimento, atingindo R$ 1.037 milhões no 3T17, representando um aumento anual de 12,5% e sequencial de 6,4%. A receita de dados já corresponde a 58,9% do total da receita de clientes no trimestre, crescimento anual de 6,4 p.p. e sequencial de 2,0 p.p..

Este crescimento, explica a operadora no balanço financeiro, foi estimulado pelo aumento da penetração de smartphones na base e pelas ofertas Oi Livre, Oi Mais e Oi Mais Controle, que oferecem franquias com quantidades maiores de dados aos clientes e proporcionam ainda a opção de conversão entre minutos e dados (para os clientes Oi Livre.

O segmento corporativo - com queda de 12,7% - é o mais impactado pela crise e pela cobertura da empresa para a oferta de mais serviços. A Oi informou que encerrou o trimestre com cobertura 2G em 3.407 municípios; 1.502 municípios com 3G (aumento de 1,6%); e de 295 cidades com LTE (aumento de 12 p.p.).

*Com informações da Oi e da CVM



Sercomtel terá 90 dias para se defender da caducidade das outorgas

Novo presidente da operadora paranaense foi à Anatel pedir autorização para vender imóveis e gerar caixa, mas uma decisão depende do processo de extinção das licenças em curso, que pode levar 12 meses. 

Anatel nega cautelar para afastar fundo da Oi, mas vai apurar controle da Nextel

Para a agência, controle da tele não passa de hipótese e depende da conversão da dívida por ações como proposto pelo fundo. Em Nova York, Aurelius foi derrotado na tentativa de tirar a recuperação judicial do Brasil. 

Comissão aprova projeto que obriga teles a fazerem bloqueio de telemarketing

Proposta original para cadastro de ‘não perturbe’ deixava a tarefa com os Procons. Mas substitutivo aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara transfere a responsabilidade para as operadoras de telecomunicações.

Atenta à Internet das coisas, Anatel quer mudar certificação de equipamentos

Como defendeu o relator da proposta que vai à consulta pública, Leonardo de Morais, o crescimento exponencial esperado com a IoT exige mudanças. “A certificação de conformidade na forma atualmente estabelecida seria ineficiente e mesmo impraticável”, afirmou.

Concessionárias perdem, mas autorizadas começam a ganhar clientes na telefonia fixa

No geral, o total de linhas fixas em serviço caiu, com desconexões líquidas de 736,2 mil acessos, ou 1,8% do total. Setembro terminou com 41,1 milhões de telefones fixos ativos. 

Ambiente no Brasil é hostil para investimento em Telecom

A afirmação é do presidente Executivo da Telcomp, João Moura. Segundo ele, é preciso que cada real investido em rede produza mais atendimento e de melhor qualidade.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G