Home - Convergência Digital

4G não licenciado terá standard em 2018

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Felipe Souto - 16/11/2017

O 5G não é mais um G, é a disrupção completa da conectividade, uma vez que o 5G serve para altas velocidades ou para baixas velocidades, afirmou o CTO da Nokia Brasil, Wilson Cardoso, ao participar do X Seminário Telcomp, realizado no dia 07 de novembro, em São Paulo.

"O horizonte da conectividade vai mudar radicalmente. Para o segundo semestre de 2018, estamos trabalhando com o uso do 4G não licenciado na faixa de 5,8 GHz. Há um grande esforço da indústria para fazer um standard e acelerar essa adoção", revela.

Cardoso observa, porém, que a conectividade dentro de casa com o 5G será o WiFi, o maior fator de reclamações nos call centers das provedoras de telecomunicações. "Temos que pensar como fazer o gerenciamento desse WiFi e não apenas nas grandes operadoras, mas também nas operadoras de pequeno e médio porte". O CTO da Nokia sustenta: a latência, ou o fim dela, será o nome do jogo, inclusive na venda de serviços. Assistam.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/06/2018
5G: redes comerciais na América Latina em 12 a 18 meses

19/06/2018
5G vai impulsionar serviços que precisam de baixa latência

28/05/2018
Licitar 5G em 2019 vai deixar Brasil para trás

23/05/2018
No Brasil, redes 3G podem ser desligadas antes das 2G

17/05/2018
5G quer a faixa de 600 Mhz, hoje, usada pelas TVs

30/04/2018
Michael Dell: 5G vai mudar a forma de fazer e de usar a Tecnologia

02/04/2018
5G: teles terão de esperar mais um pouco para novo ciclo de negócios

23/03/2018
América Latina deverá ter testes reais de 5G ainda em 2018

16/03/2018
Maior parte dos serviços prestados pelo Governo ao cidadão é analógico

08/03/2018
5G com 3,5 GHz exige distribuição de equipamentos nos moldes da TV Digital

Destaques
Destaques

Brasileiro cada vez mais assiste TV conectado à Internet

Pesquisa mostra que 46% dos entrevistados disseram que 'sempre' navegam na Rede enquanto assistem televisão. O smartphone é o dispositivo mais usado para navegar na Internet.

Celular é o meio mais usado para as transações bancárias

Pesquisa Febraban mostra que no mobile banking, as transações pularam de 18,6 bilhões para 25,6 bilhões, um incremento de quase 40%. Já as feitas pela Internet registraram pequeno crescimento passando de 15,5 bilhões para 15,8 bilhões em 2017.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A grande oportunidade da IA no negócio do carro conectado

Por: Eduardo Prado *

Os dados do seu carro vão valer ouro e não falta muito para isso, antecipa o consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo ao portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site