INTERNET

Google usa plataforma de busca para enfrentar Facebook na disputa pelas PMEs

Convergência Digital* ... 29/11/2017 ... Convergência Digital

A Google reage ao Facebook e reforça sua plataforma de serviços às pequenas e médias empresas. A companhia anunciou nesta quarta-feira, 29/11, a Google Meu Negócio, uma plataforma que reúne informações sobre um estabelecimento comercial para apresentá-las tanto na ferramenta de pesquisas na internet quanto no serviço de mapas. A ferramenta é gratuita e oferece um domínio personalizado às micro e pequenas empresas.

No lançamento, a Google divulgou uma pesquisa onde foi apurado que os consumidores brasileiros buscam preços (69%), informações gerais sobre produtos e serviços (47%), e opinião de terceiros (42%). A ideia é colocar essas empresas, usuárias da plataforma, com destaque na página de busca da gigante da Internet.

Segundo ainda a Google, para 66% dos consumidores a existência de um site é indispensável na jornada de compra e 65% das pessoas afirmam serem mais favoráveis a comprar produtos ou serviços de empresas que tenham um site.

O Google Meu Negócio permite que o empreendedor crie um perfil e faça a gestão das informações do seu negócio, como: horário de funcionamento, telefone para contato,endereço e fotos. Quanto mais completo o cadastro, melhor. Os negócios com fotos recebem 40% mais cliques no botão "Como chegar", que abre o Google Maps automaticamente.

O levantamento da Google, que ouviu mais de 2600 pessoas, destaca ainda que 33% ​dos entrevistados utilizam ​mapas ​no ​início ​do ​processo ​de ​busca. O relatório também aponta que 59% ​utilizam ​buscadores ​no ​início ​do ​processo, enquanto 42% ​utilizam ​redes ​sociais.

De acordo ainda com a Google, 47% consideram que os buscadores impulsionam o acesso ao website on-line do negócio e 66% acreditam que é importante aparecer nas buscas quando a procura é por negócios ​ou ​serviços. Para finalizar, o estudo sustenta que 72% dos usuários confiam mais em um negócio quando eles aparece no resultado de uma busca on-line. Essa nova função começou a ser testada de forma restrita em março deste ano, mas agora é aberta a todo mundo. Desde então, mais de 150 mil sites foram criados só no Brasil.




TSE vai enviar intimações pelo WhatsApp e Facebook nas eleições 2018

Pelas plataformas serão encaminhadas intimações, notificações, citações ou pedidos para a tomada de providências que atendam ordens da Justiça Eleitoral. O serviço funcionará até a diplomação dos candidatos eleitos em 2018, que ocorrerá até o dia 19 de dezembro.

MP do Distrito Federal abre investigação contra YouTube, do Google

Foi instaurado um inquérito civil público para investigar a forma como a rede social trata os dados pessoais de crianças brasileiras. A investigação é conduzida pela Comissão de Proteção dos Dados Pessoais.

Senado divulga a versão final do PL de Dados Pessoais

Texto foi encaminhado à sanção presidencial e tem 30 dias para ser sancionado. Se passar sem vetos, a legislação entra em vigor, um ano e meio de pois da sua publicação no Diário Oficial da União. Acesse a íntegra do documento.

Facebook recebe multa máxima, mas baixa, por violar dados dos cidadãos da Inglaterra

Mas montante aplicado - cerca de US$ 650 mil - não é relevante para os cofres da rede social que, hoje, tem valor estimado em 590 bilhões de dólares. Para o órgão regulador britânico faltou transparência ao Facebook.

MP do Distrito Federal investiga venda ilegal de dados pessoais

Google, Yahoo, Baidu e Bing foram notificados para removerem o site 'Tudo sobre Todos' dos seus resultados de busca para conter a prática ilegal de venda de informações. O Mercado Livre foi notificado para suspender a conta pela qual são vendidos os créditos de acesso ao serviço.

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G