TELECOM

Anatel nega cautelar para afastar fundo da Oi, mas vai apurar controle da Nextel

Luís Osvaldo Grossmann ... 05/12/2017 ... Convergência Digital

Os fundos que se digladiam pelo controle da Oi contabilizaram perdas nesta terça, 5/12. O Société Mondiale, de Nelson Tanure, viu negado o pedido para que a Anatel afaste o rival das tratativas sobre a recuperação da operadora. Já o fundo americano Aurelius teve negado pela corte de falências de Nova York o pleito para tirar a recuperação judicial da Oi do Brasil. 

O fundo de Tanure, que hoje exerce o controle da Oi na prática, apesar de pouco mais de 5% do capital, ainda pode festejar o fato de que a agência aceitou parcialmente a representação que questiona o controle indireto exercido pelo fundo Aurelius na Nextel.

O Société alegou que por deter parte do capital da americana NII, controladora da Nextel no Brasil, o Aurelius não poderia sequer ter sua proposta de assumir o controle da Oi analisada pelos credores uma vez que isso apresenta o risco potencial de uma ilegalidade: o controle de mais de uma operadora no Brasil. 

A superintendência de competição da Anatel negou a cautelar para afastar o Aurelius por entender que “neste momento não estão presentes no caso em análise os requisitos necessários para a adoção de Medida Cautelar, o fumus boni iuris e o periculum in mora”. 

Para a agência, mesmo tendo cerca de 16% da NII, o eventual controle da Oi pelo fundo Aurelius não é mais do que uma hipótese neste momento. Para valer é preciso que os credores prefiram o plano como apresentado pelo fundo, pelo qual as dívidas da Oi são convertidas em 88% do capital da operadora. 

A superintendência de competição avalia que caso isso se torne realidade, bastará notificar a necessidade de abrir mão de uma das participações relevantes em empesas concorrentes. Daí a ausência de qualquer ‘perigo da demora’ que justifique a cautelar. 

Mas se negou a cautelar, a Anatel resolveu aceitar a reclamação apresentada pelo Société a “realizar procedimento administrativo para apuração de transferência de controle e possível existência de controle vedado”. Por isso, notificou “os reclamados” para que apresentem, em 15 dias, “esclarecimentos acerca da possível transferência do controle da Nextel Telecomunicações Ltda e da Nextel Participações Ltda”. 


Internet Móvel 3G 4G
TIM quer compartilhar frequência com Claro e Vivo

Operadora quer levar para essas operadoras o acerto firmado com a Oi. Em infraestrutura, TIM prepara 4G em 700 MHz em São Paulo e já instalou 600 ERBs, revelou o CTO da tele, Leonardo Capdeville.

Anatel: LGT completa 21 anos carente de ações políticas atentas ao futuro

Em carta oficial, a agência reguladora sustenta que é preciso festejar o passado, mas adverte: não dá mais para manter o modelo separando telefonia fixa dos demais serviços de telecomunicações. O acesso ao telefone, essencial no passado, requer, agora, o acesso à banda larga.

Anatel aprova novo regulamento para preço público de radiofrequências

Principal novidade é a possibilidade de a agência exigir compromissos de investimento como parte do valor da renovação do direito de uso do espectro.

Anatel aprova regra para mediar e exigir contratos entre teles e OTTs

Novo regulamento de interconexão também exige ofertas de pontos de conexão em todos os Códigos Nacionais e facilita cortes em casos de inadimplência.

Segurança faz Anatel antecipar bloqueio de celulares no Rio de Janeiro

Os aparelhos irregulares vão ser bloqueados a partir de 08 de dezembro, a pedido do Gabinete de Intervenção Federal no Estado. O bloqueio está implementado no Distrito Federal e no Estado de Goiás.

Disputa entre fornecedores faz Cemig Telecom adiar leilão para o dia 8 de agosto

Preço mínimo para o lote 1, que envolve a rede de banda larga nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro foi estipulado em R$ 332 milhões.  Já manifestaram interesse público, a TIM e a Claro.

TV paga: Modelo não muda e sangria de assinantes já dura três anos e meio

Depois de um período de expansão, em 2014, com a entrada das teles no segmento, o setor encerrou o mês de maio com 17,8 milhões de assinantes, o que significa a perda de 10% da base de usuários. Claro/NET concentram 50% do mercado.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G