TELECOM

Anatel admite mudar o TAC da Telefônica

Luís Osvaldo Grossmann ... 07/12/2017 ... Convergência Digital

Ao pedir seis meses de prazo extra para o Tribunal de Contas da União, a Anatel já calcula a possível necessidade de tempo para eventuais modificações nos termos do acordo de troca de multas por investimentos negociado com a Telefônica. 

Segundo o presidente da agência, Juarez Quadros, a área técnica se debruça sobre os questionamentos do TCU e ainda não há definição de mudanças, mas podem ser feitos ajustes nas cidades que receberão investimentos ou na metodologia de multa para o caso de descumprimento do termo de ajustamento de conduta. 

“Pedimos 180 dias porque se houver necessidade de modificações [no TAC] tem que voltar ao Conselho. Se isso acontecer vai à procuradoria federal especializada, cujo prazo normal é de 60 dias. Os conselheiros têm 120 dias para relatar. Por isso o prazo. Ainda não há conclusão. Está em análise. Se houver eventual modificação, o prazo já contempla isso”, explicou Quadros nesta quinta, 7/12. 

Na véspera, o TCU acatou parcialmente o pedido da agência e deu mais 180 dias para o atendimento das demandas relacionadas aos TACs em geral, o que envolve, por exemplo, a mencionada multa para o caso de descumprimento do acordado. O Tribunal restringiu a 45 dias, no entanto, o prazo para os esclarecimentos relativos ao TAC específico da Telefônica. 


Sercomtel terá 90 dias para se defender da caducidade das outorgas

Novo presidente da operadora paranaense foi à Anatel pedir autorização para vender imóveis e gerar caixa, mas uma decisão depende do processo de extinção das licenças em curso, que pode levar 12 meses. 

Anatel nega cautelar para afastar fundo da Oi, mas vai apurar controle da Nextel

Para a agência, controle da tele não passa de hipótese e depende da conversão da dívida por ações como proposto pelo fundo. Em Nova York, Aurelius foi derrotado na tentativa de tirar a recuperação judicial do Brasil. 

Comissão aprova projeto que obriga teles a fazerem bloqueio de telemarketing

Proposta original para cadastro de ‘não perturbe’ deixava a tarefa com os Procons. Mas substitutivo aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara transfere a responsabilidade para as operadoras de telecomunicações.

Atenta à Internet das coisas, Anatel quer mudar certificação de equipamentos

Como defendeu o relator da proposta que vai à consulta pública, Leonardo de Morais, o crescimento exponencial esperado com a IoT exige mudanças. “A certificação de conformidade na forma atualmente estabelecida seria ineficiente e mesmo impraticável”, afirmou.

Concessionárias perdem, mas autorizadas começam a ganhar clientes na telefonia fixa

No geral, o total de linhas fixas em serviço caiu, com desconexões líquidas de 736,2 mil acessos, ou 1,8% do total. Setembro terminou com 41,1 milhões de telefones fixos ativos. 

Ambiente no Brasil é hostil para investimento em Telecom

A afirmação é do presidente Executivo da Telcomp, João Moura. Segundo ele, é preciso que cada real investido em rede produza mais atendimento e de melhor qualidade.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G