NEGÓCIOS

Banco Central mostra pouca simpatia às moedas virtuais

Convergência Digital* ... 13/12/2017 ... Convergência Digital

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, declarou nesta quarta-feira, 13/12, que o risco das moedas virtuais como o Bitcoin é alto e que elas podem representar a "típica bolha e pirâmide", ou seja, podem apresentar alta neste momento e quedas subsequentes no futuro.

Goldfajn observou que essas moedas tiveram "subida vertiginosa" nos últimos meses. "Tem duas funcionalidades: comprar para vender para frente e se aproveitar da subida, se ocorrer, a típica bolha, típica pirâmide, que em algum momento vai deixar de subir e voltar. Não é algo que a gente deva dar suporte. Em algum momento, as moedas são usadas como instrumento de atividades ilícitas. Usar as moedas virtuais para atividades ilícitas não isenta o crime, a pena e a punição", acrescentou.

Segundo o comandante do BC, as moedas virtuais não têm lastro, não possuem bancos centrais que lhe confiram segurança e não têm regulação, o que eleva o seu risco. "Há o risco da bolha, da pirâmide e das atividades ilegais", declarou.

No mês passado, a autoridade monetária divulgou comunicado no qual informou que, devido ao "crescente interesse" da sociedade e das instituições nas chamadas "moedas virtuais", resolveu alertar que esses instrumentos não são emitidos, nem garantidos por qualquer autoridade monetária. E alertou para possíveis perdas.

*Com informação de Agências de Notícias

  


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

Bitcoin deve ser declarado no IR, alerta tributarista

Segundo o Advogado, Carmine Gianfrancesco, do escritório Gianfrancesco & Mazzo Advogados - especializado em Direito Tributário Empresarial com prestação de serviços de contencioso tributário - a criptomoeda é um ativo aos olhos da Receita Federal.

CADE investiga se cartel de componentes de disco rígido agiu no Brasil

Cinco empresas e trinta e oito pessoas físicas teriam participado do conluio que, entre outras coisas, combinaram preços em respostas a pedidos de cotação de clientes.

Plantronics compra Polycom por R$ 6,5 bilhões

Aquisição terá consolidação de negócios no Brasil, em especial, na área de videconferência, uma vez que as duas companhias atuam no mercado nacional.

São Paulo sedia primeiro hub da IBM dedicado à blockchain na América Latina

Investimento na tecnologia, que deverá crescer 127% nos próximos três anos, é estimado em R$ 18 milhões até 2020. Unidade será ativada no 2º semestre.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G