INOVAÇÃO

Algar Tech cria a Duda, sua plataforma de Inteligência Artificial

Convergência Digital* ... 14/12/2017 ... Convergência Digital

A Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de Gestão de Relacionamento com Clientes, de Ambiente de Tecnologia e de Serviços de Telecom, lançou sua primeira agente digital com inteligência cognitiva. Batizada de Duda, a tecnologia começou a ser utilizada em atendimento via aplicativos de mensageria, no processo de renegociação de dívidas que passou a ser 100% autônomo, sem interferência humana.

A atendente virtual Duda - apelido do nome Maria Eduarda, que significa guardiã da riqueza -, foi desenvolvida a partir da integração de várias soluções de tecnologia, dentre elas o Watson, da IBM. Segundo Marco Aurélio Matos, diretor de Transformação Digital da Algar Tech, além desse ecossistema de parceiros, a Algar Tech utilizou toda a sua base de conhecimento na indústria. "Aliamos nossa experiência em atendimento, melhores práticas de cobrança e renegociação no mercado financeiro, e criamos uma solução capaz de trazer mais produtividade e redução de custos para nossos clientes", enfatiza.

Para viabilizar a automação do processo de renegociação de ponta a ponta, uma equipe de curadores trabalhou para dar mais assertividade à agente virtual, considerando especificidades da linguagem do mercado financeiro e as regionalidades do idioma. A transferência para o atendimento humano só acontece em situações que a Duda não tiver a resposta. "Quando isso ocorre, nós 'educamos' a Duda com a resposta correta para que ela possa utilizá-la nos próximos atendimentos", explicou Matos.

Além de aprender com os próprios erros, a plataforma é multilíngue e a capacidade de atendimento simultâneo é ilimitada. Outra vantagem é o tempo: a Duda consegue elaborar uma proposta à vista em menos de 20 segundos. A modernização também beneficia consumidores, que passam a utilizar aplicativos de mensageria para um autosserviço rápido, simples e eficaz.

Inicialmente, a tecnologia foi implantada na operação de uma empresa do segmento financeiro para renegociar dívidas com consumidores que utilizam cartão de crédito e estão com fatura em atraso. A intenção, porém, é que seu uso seja ampliado para outras operações. "Estamos empenhados em promover a transformação digital dos nossos clientes e promover modelos de negócios cada vez mais voltados para resultados e com foco no relacionamento. A Duda nasceu para fortalecer e acelerar esse movimento", concluiu Matos.


Cloud Computing
FICO compra consultoria brasileira e reforça time de cientistas de dados

Empresa de gestão de risco adquiriu a GoOn e quer avançar para o segmento varejista, revela o diretor da FICO para a América Latina, Alexandre Graff. Os valores da transação não foram revelados.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Oi seleciona startups para programa de aceleração do Oito

Nessa etapa há o interesse por startups mais maduras, salienta Pedro Abreu, diretor do hub de inovação da Oi. Programa terá nove meses de duração e há interesse por multicloud, video analytics, gamificação + EAD, meio de pagamento, entre outras aplicações.

TIM se aproxima das startups por mais Inovação aberta

Operadora ampliou a parceria com o Cubo, do Itaú, para consolidar a estratégia de se tornar um hub digital. "O momento é de abrir as portas e a cabeça para entender o mundo digital. Queremos uma relação ganha ganha com as startups", diz Janilson Bezerra, diretor de Inovação & Biz Development da TIM Brasil.

Brasil tem cinco finalistas em prêmio internacional de Cidades Inteligentes

Curitiba, Joinville, Sorocaba e Aracaju, além do Instituto Tecnológico da Aeronáutica, foram selecionados entre 473 projetos. Cingapura foi a grande campeã.

Finep seleciona 21 parceiros estaduais em programa de incentivo a startups

Apoio federal prevê aporte de R$ 21,5 milhões, além de R$ 12,8 milhões em contrapartidas para estimular criação de empresas inovadoras.

Inovação perfeita é entregar ao cliente, rápido, o que ele quer receber

A entrega perfeita pode não ser a ótima ao final do processo, adverte Mauricio “Maltron” Leal, Especialista em Desenvolvimento Cloud para América Latina da Red Hat. O especialista define sete princípios para fomentar a Inovação. Um deles exige reverter um conceito da indústria de TI: o individualismo.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G