Home - Convergência Digital

Gemalto rejeita proposta oportunista de US$ 4,3 bi da Atos

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 14/12/2017

A Gemalto rejeitou, de forma veemente, uma proposta, considerada oportunista, de US$ 4,3 bi feira pela francesa ATOS. Os acionistas da Gemalto classificaram a proposta como 'muito aquém do valor real' e afirmam que a iniciativa não levou em conta as questões regulatórias envolvidas na transação. "Não foi feita nenhuma análise do impacto dessa compra no negócio, nos empregados, nos acionistas e nas partes interessadas na Gemalto", sustentou o CEO da companhia, Phillipe Vallee.

Por sua vez, a ATOS sustentou que planeja seguir com a oferta. "Atos reafirma que sua oferta é feita com intenções amigáveis ​​e é baseada em um projeto industrial sólido e convincente tanto para empresas, seus funcionários, clientes e outras partes interessadas", afirmou em um comunicado.

"Como uma empresa que recruta mais de 10.000 funcionários por ano, todos os 15.000 funcionários da Gemalto serão bem-vindos e integrados no grupo ampliado. Atos também confirma que pretende integrar todas as empresas Gemalto dentro do grupo combinado e manterá a marca Gemalto.", completou.

A Atos fez sua abordagem para a Gemalto no início desta semana, saudando o movimento como uma tentativa de criar um "líder mundial" em toda a inteligência artificial, grandes dados, nuvem, identidade digital, gerenciamento de acesso e criptografia de dados. A Gemalto é especialista em produtos de segurança digital no dispositivo, além de fornecer cartões SIM e plataformas NFC. Atos fornece a espinha dorsal para análise de dados, publicidade e serviços de pagamento móvel para alguns dos maiores grupos de operadores do mundo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/09/2018
Governos pressionam por uso de backdoors para quebrar criptografia

30/08/2018
No Brasil, 45% das empresas têm mais de um provedor de nuvem pública

14/12/2017
Gemalto rejeita proposta oportunista de US$ 4,3 bi da Atos

10/07/2017
Governo da Áustria tenta lei para quebrar criptografia do WhatsApp

19/06/2017
Europa planeja proibir países membros de enfraquecer criptografia

01/06/2017
WhatsApp: Brasil é único no mundo a questionar legalidade da criptografia

24/04/2017
STF marca audiência sobre a criptografia no WhatsApp

23/01/2017
China caça VPNs que permitem aos cidadãos furar o ‘grande firewall’

24/08/2016
Facebook: legislação brasileira em nenhum momento baniu o uso da criptografia

24/08/2016
França e Alemanha pressionam Europa a discutir regras para criptografia

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site