Home - Convergência Digital

Claro descarta oferta imediata de VoLTE

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 15/12/2017

A Claro não pensa em lançar voz sobre LTE pelo menos por enquanto. Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (14/12), o CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, explicou que a operadora móvel vai entrar em VoLTE no momento certo, quando mais aparelhos comportarem a tecnologia e ela estiver mais madura. Aqui, as  rivais TIM e Vivo já oferecem VoLTE nas cidades com 700 MHz.

"Temos o 850 MHz, então, não temos necessidade imediata de fazer VoLTE", disse. A respeito do uso de 700 MHz, o CEO enfatizou que a Claro tem usado a faixa de frequência nas cidades onde está liberada.

Perguntado sobre o efeito do ilimitado para o caixa da empresa, Teixeira explicou que se abre mão de receita no curto prazo para recuperar no longo e o plano ilimitado impulsionou a portabilidade de números para a Claro. Citando a ABR Telecom, entidade que administra a portabilidade, o CEO ressaltou que o saldo líquido do serviço  em novembro foi de 90,3 mil linhas.

Durante sua apresentação, Paulo Cesar Teixeira lembrou que este foi um ano de muita mudança e inovação no setor. "Nós fomos protagonistas desta mudança. Elegemos como objetivo nosso a liderança de mercado no Brasil e para isto trabalhamos em quatro frentes: rede; inovação nas ofertas e proposta de valor; experiência de cliente; e construção de uma marca forte e aspiracional", detalhou.

A Claro implantou a tecnologia 4,5 G que, segundo a telco, possibilita velocidades dez vezes maiores que a 4G convencional. O projeto ainda está em andamento. Além disto, Teixeira ressaltou a modernização de 9 mil sites e a implantação de 2 mil sites novos. "Retiramos as tecnologias legadas dos sites para colocar o estado da arte em eletrônica, gerando economia de 40% no consumo de energia."   

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/10/2018
Félix, Claro: Brasil tem de mudar para não ficar para trás

17/10/2018
Para CTO da TIM, sem antenas, 5G não vai sair do discurso no Brasil

16/10/2018
Claro terá rede 100% pronta para IoT até meados de 2019

28/09/2018
Claro libera zero rating e vídeos da Netflix para clientes pós-pago

12/09/2018
Ministério da Justiça multa Oi, Vivo e Claro em R$ 9,3 milhões cada

25/05/2018
TIM e Claro divergem sobre prazo para a venda da faixa de 3,5 GHz

23/05/2018
Claro descarta cronograma da Anatel e defende leilão de espectro só em 2020

27/04/2018
MPF exige que Claro pare de cobrar por serviços não contratados

25/04/2018
Claro tem resultado positivo com pós-pago, mas queda com TV paga e serviços fixos

06/03/2018
México ordena a separação de ativos fixos da América Móvil

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site